Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for Fevereiro, 2010

Novidades no "Outra Visão"

Devo, desde já, agradecer a todos os que lêem, seguem e comentam os artigos do “Outra Visão”. Para mim, é extremamente importante tornar este blog cada vez melhor e o mais interactivo possível.
Assim sendo, serão efectuadas algumas melhorias no blog que serão visíveis no próximo mês de Março. Até lá, conto com o vosso feedback, para saber o que gostariam de ver alterado neste blog e para saber todas as vossas sugestões.

Obrigado pela vossa preferência,

Ricardo Figueiredo

Anúncios

Read Full Post »

Joga no bastião dos irlandeses na Escócia (Celtic) e é, provavelmente, o melhor jogador da nova geração de futebolistas do Eire: McGeady.
Extremo direito rápido, incisivo e tecnicista, Aiden McGeady prima por ser um jogador muito objectivo que tornou-se, desde 2004, num jogador fundamental na manobra do Celtic Glasgow e da selecção da Irlanda, pela qual já tem 31 internacionalizações.
Ideal para jogar num esquema de 4-3-3, McGeady também pode jogar como ala direito em 4-4-2 clássico ou, até, como segundo avançado sempre com a mesma raça e qualidade que o caracteriza.
Aos 23 anos, o irlandês já é seguido por meia europa e não espantaria que desse o salto, já este ano, para um colosso do futebol europeu. Sigam-no num qualquer jogo do Celtic ou da República da Irlanda e confirmem a minha tese.

Read Full Post »

Todos recordamos a época 2004/05. Na jornada 31, Peseiro poupa bastantes jogadores para uma deslocação difícil a Braga. Na altura, parecia óbvio que o então treinador leonino apostava todas as suas fichas na Taça UEFA e deixava o campeonato para segundo plano. Todavia, o incrível aconteceu e o Sporting, com Pinilla endiabrado, foi ganhar 3-0 a Braga e ficou em condições priveligiadas para ser campeão, levando Peseiro a apostar em ganhar as duas competições. Infelizmente para os sportinguistas, o resultado foi o que se viu.
O Benfica de Jorge Jesus passa agora pelo mesmo dilema. Com um excelente onze, mas com alguma falta de banco, os encarnados vêem-se com condições reais de vencerem Liga Europa e Liga Sagres, mas será que têm pulmão para as duas competições?
Nota-se, claramente, um decréscimo de forma do “Glorioso” nesta segunda volta, situação que, curiosamente, costuma acontecer às equipas de JJ (lembram-se do Felgueiras (95/96)?) e os jogos com Belenenses e Hertha foram claros exemplos desse afrouxamento competitivo.
Assim sendo, o Benfica entra nesta difícil fase com uma enorme dúvida existencial: Meter todas as fichas numa competição ou dar tudo por tudo por ambas? Óbviamente que os adeptos quererão que os encarnados tentem ganhar tudo, mas as suas ambições são sempre moldadas pelo coração e não pela razão. Depois, se o Benfica não ganhar nada, vão esquecer tudo isso e culpablizar o elo mais fraco, o treinador…
Um difícil dilema para Jorge Jesus decidir, sempre com o fantasma do Sporting de Peseiro a pairar no ar…

Read Full Post »

A Eslováquia não chegou a este mundial por acaso e poderá muito bem ser uma surpresa na África do Sul. Comandada pelo napolitano Hamsik, a selecção centro-europeia tem, ainda assim, outros excelentes executantes tal como, por exemplo, Sestak.

O atacante do Bochum, de 27 anos, é um atacante que iniciou a sua carreira no Tatran Presov, em 2000, mas só explodiu a partir de 2004, quando chegou ao Zilina. Nesse clube, Stanislav Sestak fez, em 3 anos, 49 golos em 99 jogos, ajudando a equipa eslovaca a ganhar dois campeonatos e uma taça da Eslováquia.

Trata-se de um goleador muito rápido e oportuno, que, não sendo muito alto (1,80 metros), faz alguns golos de cabeça. Pode actuar sozinho no ataque em 4-3-3, mas, sinceramente, penso que funciona muito melhor na companhia de outro avançado num sistema de 4-4-2 ou 3-5-2.

No Bochum desde 2007, tem feito alguns golos (76 jogos, 27 golos), todavia, tem tido mais dificuldades, pois está a jogar numa equipa que se limita a lutar por não descer na Bundesliga.

Um jogador para seguirem com muita atenção, este verão, no Mundial 2010, pois Sestak irá, certamente, aumentar o seu pecúlio de golos (tem 10 em 29 jogos) na África do Sul e, quiçá, alcançar um clube de maior impacto mediático.

Aqui segue um link para apreciarem as qualidades de Sestak e confirmarem a minha tese

Read Full Post »

Portugal não se pode queixar da última ronda das competições europeias. Consolidámos o nosso nono lugar no ranking, o que nos permitirá regressar às seis equipas “uefeiras” em 2011/12 e continuamos com boas prespectivas de todos se apurarem para a próxima fase.

Em Liverpool, o Sporting fez uma boa primeira parte e, até, devia ter chegado ao intervalo com outro resultado. Curiosamente, acabou por ser na altura em que jogou pior (segunda metade) que chegaria ao golo que se pode vir a revelar precioso. Este 1-2, que os leões trazem da terra dos Beatles é claramente recuperável, até porque a defesa do Everton não assusta ninguém…

No Dragão, diante do Arsenal, o FC Porto, mesmo com Hulk sem poderes, conseguiu uma vantagem mínima (2-1) graças a Fabianski e a um árbitro amigo. Agora, no Emirates, os dragões terão de ser uma equipa solidária e com enorme força interior para suportarem a enorme pressão que os ingleses irão impor desde o primeiro minuto. Vai ser muito difícil.

Por fim, em Berlim, num estádio frio como o tempo, o Benfica acabou por desiludir ao não ir além de um empate (1-1) no campo do saco de pancada da Bundesliga, o Hertha. Ainda assim, o golo fora de Di Maria, aliado à colossal diferença de valores entre os dois conjuntos, prevê, se tudo correr na normalidade, uma vitória fácil dos encarnados na segunda mão.

Espero, sinceramente, que todos sigam em frente e que continuemos a subir no ranking da UEFA.

Read Full Post »

Antes de mais, devo dizer que nunca entendi que Paulo Pereira Cristóvão fosse uma boa opção para o Sporting. Pareceu-me demasiado demagogo e com um discurso que, muitas vezes, me recordou de João Vale e Azevedo. No entanto, tenho que admitir que JEB está, provavelmente, a seguir um caminho quase parecido ao do dono do “Lucky Me”
Desde o Paulo Bento “Forever”, que Bettencourt, de quando em vez, lança a sua parvoíce semanal, todavia, a última semana trouxe, em apenas uma entrevista, três tiradas que, para mim, são assustadoras.

1-“O quarto lugar é o nosso objectivo!” Enganas-te JEB, o objectivo é ganhar todos os jogos até ao final da época e seguir o campeonato com o máximo de dignidade possível. O Sporting nunca pode traçar o quarto lugar como objectivo. Quanto muito, dizias que o Sporting tem a obrigação de não ficar abaixo do quarto lugar. Objectivos desses são para o Nacional e o Vitória de Guimarães.

2- “Gostava que Paulo Bento estivesse no Sporting para sermos os dois a dar o corpo às balas!” Esta é ainda mais assustadora. Depois de Paulo Bento ter saído e ter vindo Carvalhal, JEB exalta o antigo treinador com um mórbido saudosismo. Será que se arrependeu de ter ido buscar Carlos Carvalhal? Será que já não se preocupa com o bem estar do plantel e do actual treinador. Será que já fez reset nesta época e já nada o preocupa? Qualquer das hipóteses é aberrante.

3-“Gostava que o Sp. Braga fosse campeão e não necessito dizer porquê!” Tens razão, não necessitas de dizer porquê. Queres que o Braga seja campeão porque pensas pequenino e porque estás mais preocupado que o Benfica seja campeão do que em tornares o teu clube vencedor…

Depois disto, não há aí ninguém que queira ser Presidente do Sporting? Para além do Paulo Pereira Cristovão claro.

Read Full Post »

Pequenino de estatura (1,73 metros), mas enorme de talento. Ele é o novo bombardeiro do futebol japonês: Shinji Okazaki.

O atacante nipónico de 23 anos, actua no Shimizu S-Pulse e, só no ano de 2009, marcou 15 golos pela selecção do Japão, sendo distinguido pela IFFHS como o melhor goleador mundial desse ano.

Rápido, tecnicista e muito oportuno, é o avançado ideal para jogar ao lado de outro mais possante. Uma espécie de Saviola japonês.

A crescer no S-Pulse e, cada vez mais, um indiscutível da selecção do país do sol nascente, Okazaki está à beira de dar o salto para um futebol mais competitivo. Procurem-no num jogo da selecção do Japão ou até mesmo na J-League (dá na Eurosport 2) e confirmem a minha tese.

Alguns golos de Shinji Okazaki
 

Read Full Post »

Older Posts »