Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘Asteras Tripolis’

Danny é um produto do Marítimo B

Esta temporada de 2012/13 marcará o regresso em força de um projecto que foi iniciado há mais de dez anos, mas que acabou por redundar num fracasso (quase) total: as equipas B. De facto, no passado, Benfica, FC Porto, Sporting, Sp. Braga e Marítimo, entre outros casos menos emblemáticos, surgiram na II Divisão B com equipas secundárias que, invariavelmente, foram se extinguido por força de maus resultados que as relegavam para a III Divisão, ou por simples desinteresse na continuidade de projectos que não estavam a trazer mais-valias futuras para a equipa principal. Ainda assim, no meio do insucesso quase total, existe um caso de sucesso. Um clube que nunca abdicou da sua equipa B e que, neste momento, colhe os frutos dessa aposta, o Club Sport Marítimo.

Pepe começou no Marítimo B

Danny e Pepe foram os primeiros casos de sucesso absoluto

Quando a equipa B do Marítimo foi criada em 1999/00, o objectivo era formar jogadores com capacidade para serem elementos de qualidade para a equipa principal e pode-se dizer que os mais emblemáticos surgiram logo nas primeiras temporadas.

De facto, Danny e Pepe foram dos primeiros elementos a conseguirem criar um impacto que os levou a abandonar rapidamente o Marítimo B e a saltarem para a equipa principal verde-rubra, sendo que, posteriormente, o salto do Marítimo para um clube de maiores dimensões não tardou, com Danny a mudar-se para Alvalade e Pepe para o Dragão.

Ainda assim, nessa fase embrionária da equipa B madeirense, estes não foram os únicos exemplos de sucesso, sendo que futebolistas como Luís Olim ou Briguel também começaram por despontar no Marítimo B e, neste momento, ainda se encontram no plantel principal dos verde-rubros.

Fidélis marcou o primeiro golo do Marítimo em 2012/13

Sucesso recente é ainda mais acentuado

Depois de uma fase em que o sucesso foi mais limitado, mas em que ainda se verificavam casos de elementos que, na chegada ao Marítimo, alternavam entre a equipa principal e a B para uma evolução mais sustentada das suas capacidades como são os casos de Evaldo ou Olberdam, o Marítimo voltou a colher frutos da sua equipa secundária nos tempos mais recentes.

Djalma e Marcelo Boeck, agora a representarem FC Porto e Sporting, respectivamente, são outros exemplos de sucesso, mas que dizer da equipa madeirense que defrontou recentemente o Asteras Tripolis em jogo da Liga Europa? Nesse onze, actuaram Briguel, João Guilherme, Ruben Ferreira, João Luiz, Heldon, Sami e Fidélis, ou seja, sete jogadores com passagens fortes pela equipa B, sendo que Danilo Dias, ainda que por pouco tempo, também passou por essa equipa secundária madeirense.

Obviamente, que a crise financeira que grassa entre os clubes portugueses e que também afecta o Marítimo, ajuda a esta aposta na equipa secundária, todavia, não explica todo o sucesso apresentado pelos madeirenses, que, lembre-se, têm feito excelentes campeonatos nos últimos anos, garantindo apuramentos europeus com regularidade.

Assim sendo, estes resultados positivos só podem funcionar como motivação e um caminho a seguir por Benfica, FC Porto, Sporting, Braga e V. Guimarães, que, lembre-se reactivaram ou criaram as suas equipas B e, inclusivamente, têm a sorte de (re)começar o projecto nos campeonatos profissionais.

Anúncios

Read Full Post »

O Milan sofreu bastante, mas um golo de Seedorf nos descontos permitiu à equipa de Leonardo vencer o Chievo e aproximar-se do Inter na Serie A, pois a equipa de Mourinho foi surpreendentemente derrotada em Catania (1-3). A vantagem do Inter é agora de apenas um ponto; Em Espanha, Real Madrid e Barça continuam com os mesmos pontos no topo da La Liga. Os madrilenos venceram em Valladolid (4-1) e os catalães receberam e venceram o Valência por 3-0; Por sua vez, na Premier League, o Manchester United venceu o Fulham (3-0) e continua na liderança do campeonato com dois pontos de avanço sobre o Chelsea que, contudo, tem menos um encontro.

Liga Italiana – Golaço de Seedorf coloca Milan a um ponto do Inter

A partida diante do Chievo caminhava para o seu final e Inzaghi, sozinho, já tinha falhado duas ou três excelentes oportunidades de golo. Pensava-se que a estrelinha de Mourinho iria mais uma vez funcionar quando Clarence Seedorf, descaído para o lado direito, desfere um daqueles remates cruzados indefensáveis e dá a vitória ao AC Milan por uma bola a zero.  Este resultado colocou pressão na equipa de Mourinho porque, em Catania, o Internazionale voltou a mostrar que não está numa grande fase da época e, após estar a ganhar, permitiu a reacção do Catania, acabando copiosamente derrotado por três bolas a uma. Assim, o Inter continua líder, todavia, diminiu a vantagem para o Milan (2º) para apenas um ponto e para a terceira classificada Roma (empatou em Livorno 3-3) para apenas seis pontos.

Liga Espanhola – Messi e Higuaín fazem hat-tricks e deixam tudo na mesma no topo da La Liga

Em Valladolid, o Real Madrid não teve dificuldades para vencer a equipa local por quatro bolas a uma num jogo muito durinho. A equipa madrilena foi sempre superior e viu Higuaín (por três vezes) e Cristiano Ronaldo marcarem os golos que mantêm os merengues no topo da tabela classificativa. Por outro lado, em Nou Camp, o Barcelona também não vacilou e venceu sem dificuldade o Valência com três tentos de Messi. Assim sendo, os madrilenos continuam na liderança, apesar de terem exactamente os mesmos pontos do segundo classificado: Barcelona.

Liga Inglesa – Bis de Rooney ajuda “Red Devils” a manterem a liderança

O Manchester United recebeu e venceu o Fulham por três bolas a zero num desafio que voltou a demonstrar o excelente momento de forma de Wayne Rooney. O internacional inglês fez mais uma excelente exibição coroada com dois golos (o outro tento do jogo foi de Berbatov) e, assim, manteve os “Red Devils” no topo da Premier League. Por outro lado, o Chelsea (2º) também não perdoou e venceu, em casa, o West-Ham por 4-1. Já o terceiro classificado, Arsenal, venceu o Hull City por duas bolas a uma, num jogo em que teve de sofrer muito, porque o golo da vitória (marcado por Bendtner) só surgiu ao terceiro minuto de descontos. Assim sendo, o M. United continua no topo da tabela com mais dois pontos que Chelsea e Arsenal, todavia, os “Blues” têm menos um jogo disputado.

Liga Francesa – Golo de Paulo Machado impede vitória do Marselha

Na Ligue 1, o Marselha deslocou-se a Toulouse e não foi além do empate a uma bola. Tratou-se de um jogo muito equilibrado e os marselheses até saíram na frente com um golo de Brandão, todavia, Paulo Machado acabaria por empatar a partida e frustrar a aproximação do Marselha ao topo da Liga. Contudo, Bórdéus (1º) e Montpellier (2º) também não aproveitaram o deslize, pois empataram em Monaco (0-0) e, em casa, diante do Auxerre (1-1) respectivamente. Assim sendo, o Bordéus, que tem menos um jogo, continua líder com os mesmos pontos do Montpellier, mais um que o Auxerre (3º), mais dois que Lille (4º) e Lyon (5º) e mais três que o sexto classificado Marselha, que também tem menos um jogo. A Ligue 1 continua, desta forma, ao rubro.

Outras Ligas – Bayern vence Friburgo e mantém a liderança da Bundesliga

Na Alemanha nada de novo, o Bayern venceu, em casa, o Friburgo (2-1) e continua no topo do campeonato. Os Bávaros têm mais dois pontos que o segundo Schalke (venceu o Estugarda, em casa, por dois a um) e mais três que o Leverkusen, que venceu o Hamburgo em casa (4-2) e é terceiro classificado;  Por fim, na Grécia, desilusão para o PAOK de Fernando Santos que perdeu o derbi de Salónica diante do Aris (0-2). Este resultado, coloca agora a águia bicéfala a cinco pontos do líder Panathinaikos, que venceu, fora, o Asteras Tripolis por uma bola a zero.

Read Full Post »