Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘FC Chiasso’


Makriev é um goleador

Perdido numa equipa modesta do campeonato israelita está um ponta de lança alto (1,91 metros), forte e com uma capacidade finalizadora muito interessante: Dimitar Makriev.

Nascido a 7 de Janeiro de 1984, Dimitar Ivanov Makriev foi criado nas escolas do Levski Sófia, pelo qual fez 254 golos no campeonato búlgaro de Juniores.

Surpreendentemente, em 2002, acabou por transferir-se para o arqui-rival do Levski, o CSKA Sófia, onde apenas esteve dois meses, pois o Inter de Milão, impressionado pelas suas exibições nos escalões de formação do Levski, não hesitou em adquiri-lo.

Ainda assim, nos “nerazzurri”, a carreira de Makriev não foi muito feliz, pois o internacional búlgaro não fez qualquer jogo, sendo sucessivamente emprestado a clubes como os suíços do Bellinzona (14 jogos, 4 golos), os polacos do Gornik Zabrze (22 jogos, 2 golos) e os suíços do FC Chiasso (18 jogos, 5 golos).

Após esses empréstimos pouco produtivos, o búlgaro desvinculou-se do Internazionale e assinou pelos franceses do Dijon, onde também não foi feliz, fazendo apenas três golos (13 jogos) na temporada 2005/06.

No rescaldo da experiência gaulesa, Makriev transferiu-se para os eslovenos do Maribor, permanecendo durante a temporada 2006/07 e a primeira metade da temporada 2007/08 e onde, finalmente, voltou a assumir-se como o grande talento dos tempos do Levski, marcando 23 golos em 48 jogos.

No início de 2008, trocou o Maribor pelo FC Ashdod, onde permanece até hoje. Nesse modesto clube israelita, já leva 52 golos em 112 jogos, assumindo-se como um ponta de lança muito oportuno e que, apesar da elevada estatura, é capaz de tratar a bola com bastante qualidade.

Adaptando-se bem a ser o único ponta de lança em 4-3-3, mas também a jogar ao lado de um avançado mais móvel em 4-4-2, é capaz de finalizar com o pé esquerdo, direito ou com a cabeça, sendo, muito provavelmente, o “pinheiro” que o Sporting procura, sem sucesso, há meia temporada.

Essas grandes exibições pelo FC Ashdod já permitiram que Makriev chegasse à selecção búlgara (4 jogos, 1 golo) e prevê-se que o ponta de lança de 26 anos se transfira, rapidamente, para um clube de maior nomeada. Sinceramente, penso que encaixaria que nem uma luva no plantel de Paulo Sérgio.

Read Full Post »

Raffael acena ao Sporting?

Quando os adeptos leoninos lêem que Raffael pode vir para o Sporting não ficam especialmente contentes, pois associam o nº10 brasileiro a um clube que, esta época, fez uma época desastrosa: Hertha Berlim. No entanto, não podemos pensar em Raffael de forma tão simples e temos de ver para além da época 2009/10 e da equipa na qual jogou. Raffael, em toda a sua carreira, foi sempre um médio ofensivo de excelência que sabe construir jogo e, também, finalizá-lo, sendo um jogador muito interessante para o novo Sporting Clube de Portugal.

Raffael de Araújo começou a sua carreira nas camadas jovens da Juventus de São Paulo, saltando em 2003, aos 18 anos, para um clube das divisões secundárias da suíça, o FC Chiasso.

Nesse clube helvético esteve duas temporadas, participando em 61 jogos e fazendo 30 golos. Números impressionantes para um médio ofensivo, mesmo sabendo que o brasileiro jogou, diversas vezes, como segundo avançado.

Os ecos do seu talento foram, assim, crescendo por toda a Suíça e, em 2005, assinou por um dos gigantes helvéticos, o FC Zurique, onde ganhou dois campeonatos da Suíça. Muito regular (fez 77 jogos em duas épocas e meia), nunca perdeu a baliza de vista, pois fez 40 golos nesse período, o que é bastante bom.

Nesta altura, a sua visão de jogo, velocidade e a excelente capacidade de aparecer na zona de tiro para finalizar, levaram-no a deixar o campeonato suíço a meio da época 2007/08 e a assinar pelo Hertha de Berlim.

No clube da capital alemã, foi sempre titular, apesar de, nesta última época, em termos colectivos, as coisas não terem corrido muito bem. Tanto a médio ofensivo como a avançado, Raffael manteve sempre uma excelente toada exibicional e foi sempre dos melhores do clube berlinense. 78 jogos e 17 golos, são os números que sustentam a regularidade e a importância que o brasileiro sempre teve.

Assim sendo, acredito que Raffael, pela sua qualidade, será um excelente reforço para o Sporting, tanto como nº10, num 4-2-3-1 ou 4-3-3, mas, também, como segundo avançado num esquema de 4-4-2. Deixo, também, um vídeo para terem uma noção mais exacta da sua qualidade.

Read Full Post »