Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘Giggs’

A quatro jornadas do final da Série A e depois de terem vencido o grande derbi com a Lázio, os romanos dificilmente esperavam que a Sampdória fosse causar qualquer tipo de mossa no Olímpico de Roma. No entanto, dois golos de Pazzini gelaram a Roma e garantiram uma vitória da Samp em pleno Olímpico (2-1). Este resultado, aliado à vitória do Inter, em casa, diante da Atalanta (3-1), significou o regresso à liderança da equipa de Mourinho; Por outro lado, em Espanha, o Barça venceu, em casa, o Xerez (3-1) e manteve o ponto de liderança sobre o Real Madrid, que venceu em Saragoça (2-1); Situação similar aconteceu na Premier League, com o Chelsea a manter, também, um ponto de avanço sobre o Manchester United, após golear o Stoke City por sete bolas a zero.

Liga Italiana – Inter regressa ao topo da Série A

Após ter chegado à liderança da Série A e com o Inter ainda envolvido na Liga dos Campeões, pensou-se que a equipa romana tinha tudo para conquistar o título. Esta jornada a Roma recebia a Sampdória e o jogo até começou da melhor maneira, pois, ainda na primeira parte, Totti colocou a equipa da capital italiana na frente do marcador. Contudo, na segunda metade, a Roma adormeceu e Pazzini, com dois golos, deu a volta ao marcador, garantindo a vitória da Samp por 2-1. Quem aproveitou o deslize dos pupilos de Ranieri foi o Inter que, em casa, venceu a Atalanta por 3-1. Um jogo tranquilo da equipa de Mourinho, que até esteve a perder, mas rapidamente deu a volta ao jogo com golos de Milito, Muntari e Chivu. Neste momento, o Internazionale lidera o campeonato com mais dois pontos que a agora segunda, AS Roma.

Liga Espanhola – Barça mantém vantagem sobre Real Madrid

O Barcelona defrontava, no Nou Camp, o último classificado da La Liga e, como tal, ninguém esperava outro resultado que não a vitória dos catalães. Ainda assim, apesar de ter vencido por 3-1, o Barça encontrou um adversário duro e que complicou a vida aos pupilos de Guardiola por grande parte do desafio. Os catalães entraram bem e rapidamente chegaram ao 2-0 com golos de Jeffren e Henry, mas Bermejo reduziu para o Xerez, intranquilizando um pouco o Barça, que só descansou com o terceiro golo, marcado por Zlatan, aos 56 minutos. Este resultado permitiu ao Barcelona manter a vantagem de um ponto sobre o Real Madrid, que, numa deslocação dura a Saragoça, ganhou por 2-1, graças a um golo de Kaká, bem perto do final do desafio.

Liga Inglesa – Chelsea mantém liderança com goleada

Os blues receberam o Stoke City e não deram quaisquer hipóteses ao seu adversário, goleando-o por sete bolas a zero. Três golos de Kalou, dois de Lampard, um de Malouda e outro de Sturridge foram a materialização de um jogo em que o Chelsea mostrou o porquê de liderar a Premier League. Com este resultado, a equipa londrina mantém o ponto de vantagem sobre o Manchester United, que, numa recepção difícil ao Tottenham, venceu por 3-1 com bis de Giggs e um golo de Nani.

Liga Alemã – Bayern empata e é apanhado pelo Schalke 04

O Bayern deslocou-se a Mochengladbach e encontrou um adversário muito duro e com vontade de travar os bávaros na sua luta pelo título. O Borussia esteve mesmo em vantagem graças a um golo de Reus (60′), mas, treze minutos depois, Klose, garantiu um empate importantíssimo para o Bayern. Graças a esta igualdade, a equipa de Van Gaal, mantém a liderança do campeonato, ainda que, neste momento, tenha os mesmos pontos que o Schalke 04, que, em Berlim, venceu o Hertha por 1-0. Assim sendo, teremos a Bundesliga ao rubro até ao fim.

Liga Francesa – Marselha caminha para o título

A quatro jornadas do final da Ligue 1, o Marselha está cada vez mais perto de conquistar o título. Desta feita, a equipa recebeu o St. Etienne e venceu por uma bola a zero, graças a um golo de Valbuena. Neste momento, a equipa de Lucho apenas tem um adversário nessa corrida pelo trono da Ligue 1. Venceu em Toulouse (3-0), está a cinco pontos e chama-se Auxerre.  

Anúncios

Read Full Post »

Miccoli faz o segundo no Liverpool-Benfica (05/06)

Amanhã, pelas 20h05 (adoro o facto de o jogo não começar às 20h), voltam as grandes noites europeias ao Estádio da Luz. Desde a época 2005-2006 que não sentia o nervosismo, a ansiedade, a motivação e o desejo de ver o Benfica num grande jogo Europeu.

Nessa época, com uma equipa de qualidade bastante inferior à actual, que realizou uma época decepcionante a nível interno, tivemos o prazer de ver o SLB a derrotar o Manchester United, o Liverpool e a dar luta ao todo poderoso Barcelona de Ronaldinho, Deco, Eto’o, Xavi e companhia, que viria a sagrar-se campeão europeu numa final frente ao Arsenal.

Ajudámos a eliminar o Manchester United na fase de grupos da Champions. A equipa inglesa não estava muito forte, mas tinha Ronaldo, Giggs, Scholes, entre outros. O sorteio dos oitavos de final determinou nova viagem à terra dos bifes, agora à cidade dos Beatles, para defrontar o Liverpool. O confronto com esta equipa foi um “verdadeiro” duelo europeu. Duas grandes noites de futebol.

No estádio da Luz, o Benfica teve um jogo bastante difícil e previa-se um empate a zero. Contudo, nos últimos minutos na marcação de um livre à entrada na área, descaído para a direita, Petit, o “Pitbull”, mete a bola na cabeça de Luisão, o “ET”, e este coloca o Benfica à frente na eliminatória. Apesar da vitória, o Liverpool continuava a ser dado como favorito.

Na segunda-mão, em Anfield Road, o Benfica saiu do estádio aplaudido de pé por todos os adeptos do Liverpool. Num jogo muito difícil, com grande pressão do Liverpool, o Benfica soube gerir bem o jogo e utilizar o contra-ataque. Na primeira parte, Simão Sabrosa marcou um golão, num disparo de fora de área: Um míssil que só parou no fundo das redes de Reina. Na segunda-parte, “Rato” Miccoli num pontapé acrobático fez o 2-0. Benfica vencia num estádio mítico, e tinha como próxima adversário o grande favorito à vitória final, o Barcelona de Ronaldinho.

Na eliminatória com o Barcelona, o Benfica começou por empatar a zero em casa. Na segunda-mão todos pensavam que o Barcelona ia golear este Benfica. O Barcelona ganhou por 2-0, mas nunca me vou esquecer daquele lance em que o Simão, na segunda-parte, com o jogo em 1-0, falha um golo quase feito. Era o empate que nos dava a qualificação para as meias-finais. Apesar de sermos muito mais fracos, faltou-nos apenas um bocadinho assim.

Os jogos europeus são os jogos dos sonhos, da ilusão, onde tudo é possível! Os jogos europeus são como uma mulher linda: ficas nervoso, ansioso, mas não voltas atrás, pois sabes que tudo é possível, que vais dar o máximo, que vais sonhar e que no final esperas ganhar.

O futebol é isto: paixão, sonho, e acreditar que é possível tocar o céu. Eu acredito, apesar da maldição de Béla Guttmann (ele falou de Taça dos Campeões, não da Liga Europa – Euroliga na língua de Jesus).

Força Benfica!

Nota:

Canto marcado à maneira curta, Carlos Martins centra para a área, Javi Garcia cabeceia, Luisão encolhe-se mas a bola vai contra ele, e no ressalto Luisão fuzila Eduardo. GOLO do Benfica!

O Benfica ganhou a primeira de 6 finais até ao final do campeonato. 6 finais para gerir 6 pontos de vantagem, o que parece fácil, mas poderá ser bastante difícil. Não podemos esquecer que duas das finais serão contra o Sporting e o Porto.

Read Full Post »