Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘Gigi’

Giresse com a camisola francesa

Durante 16 anos, foi um dos símbolos do Bordéus onde era um ídolo e jogava como um verdadeiro número dez. Baixote (1,63), dizia-se que esse factor, ao correr, causava a ilusão de que o esférico fazia parte do seu corpo, mas apesar de ser muito talentoso com a bola nos pés, jogou sempre em prol do colectivo, procurando sempre servir a equipa com critério e qualidade. Infelizmente, o final do seu percurso desportivo, no Olympique de Marselha, não foi tão brilhante como a longa passagem pelo Bordéus, todavia, a lenda de Giresse manteve-se até aos dias de hoje.

Alain Giresse nasceu a 2 de Agosto de 1952 em Langoiran e iniciou a sua carreira de futebolista profissional em 1970 no Bordéus. Durante dezasseis anos, o “dez” foi titularíssimo nos “girondinos”, alcançando os impressionantes números de 519 jogos e 168 golos por esse clube francês.

Jogador de grande talento, era o principal pólo de criatividade do Bordéus, que muito ganhava com o seu futebol fantasista e com a sua capacidade finalizadora.

Apesar do enorme sucesso individual, o sucesso colectivo não foi imediato, pois o primeiro título pelo Bordéus apenas surgiu em 1983/84, quando se sagrou campeão francês. Ainda assim, o internacional gaulês, nos dois anos seguintes, ainda conseguiu ganhar outro campeonato (1984/85) e uma Taça de França (1985/86), recuperando, assim, algum do tempo perdido.

No defeso de 1986, transferiu-se para o Marselha, onde foi opção regular durante dois anos, mas mostrou-se um pouco longe da sua melhor forma. Os adeptos do Bordéus, que o tratavam por Gigi, nunca compreenderam a decisão do criativo gaulês de terminar a carreira no Olympique.

Em termos de selecção francesa, Giresse cumpriu 47 internacionalizações (6 golos) e esteve presente nos campeonatos do Mundo de 1982 e 1986, assim como no Europeu de 1984, onde se sagrou campeão da Europa.

Uma carreira longa, intensa e cheia de bom futebol, à qual apenas faltaram mais alguns títulos para que mais pessoas se lembrassem do enorme talento de Alain Giresse.

Anúncios

Read Full Post »