Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘Liga Argentina’

“Teo” é uma referência da forte Colômbia

Confiando no que vem adiantando a imprensa desportiva portuguesa, o Sporting estará prestes a assegurar o concurso de Teófilo Gutiérrez, ponta de lança que vem sendo titular na principal selecção colombiana, superando a forte concorrência de craques como Carlos Bacca ou Jackson Martínez.

Trata-se de um futebolista nascido a 17 de Maio de 1985 em Barranquilla, Colômbia, e que começou a sua carreira em clubes como o Barranquilla e o Junior FC, tendo explodido precisamente neste último, em 2009, quando somou 30 golos em 44 jogos oficiais.

Sem sucesso na Turquia

Esse excelente desempenho, aliás, valeu-lhe inclusivamente o salto para o futebol europeu, pela porta do Trabzonspor, ainda que o ponta de lança não se tenha adaptado bem à Turquia e ao futebol turco, por onde permaneceu apenas entre Janeiro de 2010 e Fevereiro de 2011, somando oito golos em 20 jogos.

De regresso a América do Sul, passou pelos argentinos do Racing Club (41 jogos e 22 golos) e Lanús (dois jogos, um golo), assim como pelo seu antigo clube, o Junior FC, onde somaria mais cinco golos em 18 jogos.

Cruz Azul e River Plate

Em 2012/13, contudo, rumou ao futebol mexicano e ao Cruz Azul, emblema onde mesmo não sendo um titular indiscutível conseguiu deixar a sua marca, somando nove golos em 29 jogos e contribuindo para a conquista do Torneio Clausura.

As más relações com o clube mexicano, ainda assim, obrigaram o internacional colombiano a mudar novamente de ares no Verão de 2013, agora com destino ao River Plate, emblema pelo qual vai somando 28 golos em 70 jogos e pelo qual conquistou um Torneio Final do Campeonato Argentino, uma Taça Sul-Americana e uma Recopa Sul-Americana.

“Nove” ou “9,5”

Teófilo Gutiérrez é um futebolista que actua preferencialmente no eixo do ataque, podendo desempenhar as funções de ponta de lança ou avançado de suporte, sendo que faz perfeitamente a primeira função tanto num sistema 4x4x2 como num 4x2x3x1 ou 4x3x3.

Tecnicamente evoluído, o internacional colombiano trata-se de um goleador de créditos firmados, destacando-se pela inteligência como se movimenta na linha do fora de jogo e pelo seu critério nas decisões. Na finalização, valha a verdade, é letal, tanto com os pés (remata bem com ambos) como com a cabeça.

Rápido q.b. e bastante móvel, complica constantemente as marcações adversárias, prometendo, em Alvalade, fazer uma fantástica dupla com Fredy Montero, Islam Slimani ou, inclusivamente, o também provável reforço Bryan Ruiz.

Read Full Post »

Benitez tem talento em estado bruto

Benitez tem talento em estado bruto

O mais recente futebolista a ser colocado na rota do Sporting é o argentino Óscar Benítez, extremo que vai evoluindo no Lanús, emblema que milita no principal escalão do seu país natal.

Nascido a 14 de Janeiro de 1993 em Adogué, Argentina, Óscar Junior Benítez é precisamente um produto das camadas jovens do Lanús, clube pelo qual se estreou profissionalmente em 2011/12 e pelo qual soma um total de 85 jogos e seis golos.

Precisa de limar arestas

Preferencialmente um extremo-esquerdo, Óscar Benítez também pode actuar sobre o flanco oposto, destacando-se pela força física, velocidade e explosividade que imprime pelo seu flanco.

Tecnicamente trata-se de um jogador com qualidade, embora tenha ainda de melhorar em termos de objectividade, uma vez que tem tendência para se perder por vezes em rodriguinhos que acabam por não ter a melhor sequência. Essa evolução, aliás, também terá de alargar-se ao seu posicionamento táctico e, também, finalização.

Ou seja, aos 22 anos, o jovem argentino é ainda um jogador a precisar de progredir em alguns aspectos do seu jogo, embora seja inegável que, pelo seu talento bruto, terá condições para vir a assumir-se como uma mais valia num clube da dimensão do Sporting.

Read Full Post »

Cervi é um projecto de craque

Cervi é um projecto de craque

Segundo o que adianta hoje o jornal “O Jogo”, o Sporting estará de olho naquele que é um dos mais promissores futebolistas argentinos, mais concretamente o extremo Franco Emanuel Cervi, jovem de 21 anos que vai evoluindo na equipa principal do Rosário Central.

Nascido a 26 de Maio de 1994 em San Lorenzo, Argentina, Franco Cervi é precisamente um produto das escolas do Rosário Central, clube pelo qual actua pela equipa sénior desde o ano passado, somando neste momento um total de 18 jogos, quatro golos e seis assistências.

Um verdadeiro prodígio

Há talentos que não deixam quaisquer dúvidas e Franco Cervi é claramente um deles, percebendo-se aos primeiros toques na bola do argentino que estamos garantidamente perante um futebolista com potencial mais do que suficiente para atingir o topo.

Em termos posicionais, o jovem argentino pode actuar em três posições: extremo-direito, extremo-esquerdo ou avançado de suporte, ainda que seja do lado direito do ataque que mais se destaca, uma vez que é esquerdino e, nesse seguimento, consegue facilmente fazer diagonais para o centro (um dos seus pontos fortes), ao mesmo tempo que continua a dar profundidade e verticalidade pelo flanco.

Precisa de ganhar consistência

Com apenas 170 cm e franzino, o jogador que tem alcunha de “Chucky” não é propriamente forte fisicamente, mas o seu baixo centro de gravidade torna-o muito móvel e hábil, algo que aliado à sua explosividade e fantástica técnica individual o torna quase imparável em lances de um contra um.

Com boa capacidade de passe e de cruzamento, Franco Cervi é também um jogador que facilmente acumula assistências, como aliás provam os seus números, sendo ainda de destacar a sua boa capacidade finalizadora.

A melhorar, contudo, existem naturalmente alguns aspectos, sendo que o argentino deverá trabalhar na consistência das suas exibições, no capítulo da tomada de decisão e, acima de tudo, no trabalho defensivo, que, para já, é quase nulo.

Read Full Post »

Guido Carrillo é um

Guido Carrillo é um “matador”

Um dos pontas de lança que está a ser apontado ao FC Porto como potencial sucessor de Jackson Martínez é Guido Carrillo, actual “matador” do Estudiantes de La Plata e que já começa a merecer a estreia na selecção argentina.

Trata-se de um futebolista nascido a 25 de Maio de 1991 em Magdalena, Argentina, e é um produto das escolas do Estudiantes de La Plata, emblema que representa ao nível sénior desde 2010/11.

Pelo histórico emblema, soma um total de 141 jogos e 42 golos, sendo que, na actual temporada, está a brilhar na Taça dos Libertadores, onde soma sete golos, sendo mesmo o segundo melhor marcador, isto apenas atrás do compatriota Gustavo Bou, que soma oito.

Um “matador” que seria bom sucessor de Jackson

Guido Carrillo é uma verdadeira referência de área, sendo que a sua elevada estatura e dimensão física (187 cm e 89 kg) fazem dele um verdadeiro pesadelo para as defesas contrárias, que apresentam grande dificuldade em pará-lo e estão em constante desgaste.

Tecnicamente dotado e muito inteligente em termos posicionais, o ponta de lança de 24 anos destaca-se igualmente pela sua capacidade finalizadora, mostrando grande faro de golo, tanto com a cabeça como com o pé direito.

Pelas suas características, aliás, não tenho quaisquer dúvidas que seria um excelente sucessor de Jackson Martínez.

Read Full Post »

Villalba é uma grande promessa do futebol argentino

Villalba é uma grande promessa argentina

Numa fase em que o Benfica ainda estará no processo de aquisição de um novo treinador, que ao que tudo indica será Rui Vitória, começam a surgir alguns rumores de potenciais reforços para a equipa encarnada, sendo que um dos mais recentes é o extremo argentino Héctor Daniel Villalba.

Trata-se de um futebolista nascido a 26 de Julho de 1994 em Buenos Aires, Argentina, e que é um produto das escolas do San Lorenzo, clube que representa profissionalmente desde 2012.

Neste momento, com apenas 20 anos, é já muito grande o impacto de Héctor Villalba no emblema argentino, uma vez que o atacante soma 95 jogos e 14 golos pelo San Lorenzo, tendo sido peça importantíssima na conquista do Torneio de Abertura do Campeonato Argentino de 2013/14 e na Taça dos Libertadores de 2014.

Similar a Salvio

Este interesse do Benfica em Héctor Villalba, que é veiculado hoje pelo jornal “A Bola”, deverá contextualizar-se na necessidade encarnada de encontrar um substituto para Eduardo Salvio, futebolista, que, lembre-se, lesionou-se com gravidade no joelho direito e estará de fora da equipa por alguns meses.

Afinal, o promissor atleta também actua preferencialmente pelo lado direito do ataque, destacando-se pela velocidade, explosividade e verticalidade, sendo ainda de realçar a sua técnica apurada e interessante capacidade finalizadora. Ainda assim, e ao contrário do que sucede com o jogador do Benfica, Héctor Villalba é mais polivalente, podendo actuar também em zonas centrais do ataque, numa função de segundo avançado.

Certo, de qualquer maneira, é que o actual jogador do San Lorenzo ainda terá algumas arestas a limar, nomeadamente no capítulo da decisão e, também, na própria consistência das suas exibições.

Read Full Post »

Prediger passou a maioria do tempo no FC Porto apenas a treinar

Prediger passou a maioria do tempo no FC Porto apenas a treinar

Durante o “reinado” de Fernando como “seis” titularíssimo do FC Porto, foram muitos os médios-defensivos que a equipa azul-e-branco foi tentando recrutar para que se pudessem assumir como uma alternativa válida ao “Polvo”, isto também tendo em mente uma potencial sucessão futura do brasileiro. De entre essa lista, um dos mais rotundos “flops” foi Prediger, um internacional argentino que chegou ao Dragão rotulado de craque, mas que acabou por abandonar a Invicta sem sequer se estrear no campeonato nacional.

Explodiu no Colón

Leonardo Sebastián Prediger nasceu a 4 de Setembro de 1986 em Crespo, Argentina, e começou a sua carreira profissional no Colón, clube que representou entre 2004 e 2009, ainda que com empréstimos pelo meio ao modesto Atlético Uruguai e aos colombianos do Millonarios.

A sua verdadeira época de explosão, ainda assim, foi a de 2008/09, quando o médio-defensivo somou 33 jogos e dois golos pelo Colón, conseguindo, no rescaldo dessa temporada, o acesso à selecção argentina e uma transferência para o FC Porto.

Fracasso rotundo em Portugal

Chegando ao Dragão com algum cartel e sob algumas expectativas, a verdade é que o insucesso de Prediger no FC Porto foi total, com o argentino a limitar-se a fazer três jogos para as taças domésticas, não se estreando sequer no campeonato nacional.

Nesse seguimento, foi sem surpresa que acabou emprestado ao Boca Juniors, isto apenas seis meses depois de chegar ao FC Porto, numa aventura que também correu bastante mal ao “seis”.

De regresso ao ponto de partida

Perante duas experiências falhadas, Prediger haveria de voltar ao seu ponto de partida, leia-se, o Colón, tendo conseguido reencontrar-se com as boas exibições nesse emblema argentino, onde somou 101 jogos e seis golos entre 2009/10 e 2013/14.

O vínculo contratual com o FC Porto, esse, já havia expirado em 2012, sendo que o internacional argentino ainda haveria de tentar nova aventura internacional, mais concretamente no Baniyas, dos Emirados Árabes Unidos, onde somou seis jogos no ano passado.

Essa passagem pouco entusiasmante pela Arábia, ainda assim, acabou por não valer a Prediger permanência muito duradora, tendo o internacional argentino regressado ao seu país natal no mesmo ano, primeiro para representar o Estudiantes de La Plata e, desde 2015, o Belgrano.

Read Full Post »

Leo Ulloa com a camisola do Almería

Na Liga Adelante, campeonato da segunda divisão de Espanha onde pontificam equipas como o Deportivo, Celta de Vigo ou Valladolid, brilha um atacante argentino do Almería, que ainda faz o conjunto do sul de Espanha sonhar com o regresso ao principal escalão do futebol castelhano: Leonardo Ulloa.

Nascido a 26 de Julho de 1986 em General Roca, Argentina, Leonardo Ulloa iniciou a sua carreira no C.A.I. (Comisión de Actividades Infantiles) em 2002, tendo passado depois por clubes como o San Lorenzo, Arsenal Sarandí e Olimpo, sem, contudo, se ter destacado verdadeiramente em nenhuma destas equipas argentinas.

Sucesso chegou com a ida para Espanha

Em 2o08/09, Leo Ulloa mudou-se para o Castellón da segunda divisão espanhola, tendo marcado 16 golos numa campanha que levou o Castellón ao sétimo lugar. Na temporada seguinte, apesar do clube da Comunidade Valenciana ter ficado no último lugar da classificação, o avançado argentino não foi o culpado, pois voltou a mostrar-se um verdadeiro finalizador, marcando 14 golos.

Na temporada transacta, no rescaldo da descida do Castellón à II Divisão B espanhola, Leo Ulloa transferiu-se para o Almería, então na primeira divisão castelhana. Na estreia na “La Liga”, as coisas não correram muito mal ao avançado argentino (7 golos), todavia, colectivamente, a época foi um desastre, pois o Almería ficou em último lugar e desceu de divisão.

Assim sendo, na época corrente, Leo Ulloa tem desenvolvido o seu futebol na Liga Adelante, procurando ajudar o Almería a regressar ao primeiro escalão. Explodindo definitivamente, o avançado argentino soma 25 golos e lidera destacadamente a lista dos melhores marcadores de um campeonato onde o Almería se encontra em posição de disputar o playoff de promoção.

Avançado centro possante mas de boa técnica 

Leo Ulloa é um ponta de lança muito alto (1,88 metros), mas que possui uma boa técnica individual, driblando com qualidade sempre que é necessário tirar defesas do caminho para finalizar.

Finalizador nato, seja com os pés ou com a cabeça, o argentino de 25 anos é letal quando a bola lhe chega aos pés e, como tal, é imperioso que os adversários não lhe dêem um milímetro de espaço em zonas ofensivas.

Com boa capacidade de desmarcação e sem ser lento, o atacante sul-americano é assim um jogador de reúne inúmeras qualidades e que, como tal, deve ser observado com atenção por clubes de outros pergaminhos e que necessitem de um goleador.

Read Full Post »

Older Posts »