Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘Liga Jugoslava’

Safet Susic com a camisola do PSG

O bósnio Safet Susic será sempre lembrado como um dos mais magistrais tecnicistas de um futebol que, por si só, cresceu como um dos grandes redutos do futebol arte: a ex-Jugoslávia. Médio-ofensivo de grande talento, Susic tornou-se uma lenda da selecção jugoslava e do Paris Saint-Germain, onde fez mais de 300 jogos e foi votado como o melhor jogador de sempre do gigante parisiense. Um grande jogador de outros tempos que nos faz viajar até um futebol arte, muitas vezes distante do mais musculado e físico futebol moderno.

Nascido a 13 de Abril de 1955, Safet Susic iniciou a sua carreira profissional em 1973, com 18 anos, ao serviço do FK Sarajevo. No clube bósnio, permaneceu por nove anos eparticipou em 221 partidas (85 golos), sagrando-se o melhor marcador e melhor jogador da Liga Jugoslava em 1979/80.

Depois de nove temporadas de grande sucesso individual, mas nulo sucesso desportivo, Susic transferiu-se, em 1982, para um então, bastante recente PSG (Apenas foi fundado em 1970), onde rapidamente se transformou num dos jogadores mais influentes.

No clube gaulês esteve outras nove temporadas, alcançou números impressionantes (343 jogos, 85 golos) e, finalmente, abraçou os títulos colectivos, conquistando um campeonato francês (86) e uma Taça de França (83).

Considerado um ilusionista puro, daqueles que cada drible que fazia era um puro toque de magia, Susic era, também, um grande estratega que, com superior visão de jogo, construía as jogadas e marcava os tempos de ataque da sua equipa. Depois, como se não bastasse, era um excelente finalizador, marcando sempre muitos golos ao longo da carreira.

Internacional pela Jugoslávia por 54 ocasiões (21 golos), Susic terminou a sua carreira em 1991/92, ao serviço do Red Star Paris, contudo, aos 36 anos, a magia já era menor e os tempos gloriosos coisa do passado.

Ainda assim, será sempre um dos grandes jogadores de sempre. Um daqueles atletas que, quando-se retirou, teve a certeza que partilhou com todos nós um pouco da magia e um pouco do espectáculo que a todos fascina.


Anúncios

Read Full Post »

Stojkovic na selecção jugoslava

Stojkovic era um mágico com a bola nos pés. Um jogador que fazia o que queria com o esférico, colocando-o, quase sempre, onde queria e onde todos pensavam impossível. Um médio ofensivo que valia a pena ver e que tornava o preço do bilhete totalmente irrisório perante o seu enorme talento.

Começou a carreira no modesto Radnicki Nis, em 1981, aos 16 anos. Esteve nesse clube cinco temporadas e começou a mostrar as qualidades que o iriam elevar a uma lenda do futebol ex-jugoslavo.

Depois, em 1986, assinou pelo Estrela Vermelha de Belgrado e, aí, rapidamente tornou-se no jogador de maior destaque na Liga Jugoslava. Em quatro anos, fez 116 jogos e 54 golos, conquistando dois campeonatos jugoslavos e uma Taça da Jugoslávia. Nesse período, Stojkovic foi ainda eleito, por duas vezes, o melhor jogador do campeonato jugoslavo.

No seguimento do enorme impacto que teve no E. Vermelha, haveria de, em 1990, assinar pelo Marselha, todavia, em três épocas em França (teve emprestado em 91/92 ao Verona) nunca alcançou o brilho que mostrou no clube de Belgrado. Ainda assim, viu, do banco, o Olympique de Marselha conquistar a Taça dos Campeões diante do seu clube do coração, o E. Vermelha, em 1993.

Posteriormente, terminaria depois a carreira no Japão, em 2001, no Nagoya Grampus Eight, onde esteve sete anos e onde foi uma das peças mais importantes para o crescimento do futebol nipónico. Perante a fraca qualidade inicial da Liga, foram jogadores como Zico ou Stojkovic que ajudaram o desporto rei a evoluir no Japão e a tornar o futebol nipónico numa potência continental.

O sérvio, durante a sua carreira, participou em 2 mundiais (1990 e 1998) e dois europeus (1984 e 2000) e conseguiu ser internacional por 84 vezes. Provavelmente, será recordado por todos como o melhor jogador sérvio de sempre e o vídeo abaixo é apenas uma pequena amostra do seu enorme talento.

Read Full Post »