Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘Luisinho’

Jesus mantém o Benfica no topo

Luís Filipe Vieira voltou a vencer confortavelmente as eleições para a presidência do Benfica, sendo que, neste momento, muitas das críticas dos adeptos encarnados se dirigem ao seu treinador, Jorge Jesus, deixando um pouco de lado Luís Filipe Vieira, Presidente que, valha a verdade, pouco fez para que o Benfica tivesse um 2012/13 de sucesso.

Neste momento, o plantel do Benfica é desequilibrado e, por mais que custe admitir a muitos benfiquistas, bastante inferior ao do FC Porto. É verdade que os encarnados têm individualidades de enorme qualidade e um ataque de luxo (a contratação de Lima foi uma excelente decisão de…Jesus), todavia, as saídas de Witsel e Javi García deixaram o meio-campo defensivo entregue a Matic e o castigo de Luisão, deixou o esforçado, mas pouco qualificado Jardel como titular ao lado de Garay.

Para além disso, o Benfica denota muitas fragilidades no lado esquerdo da defesa, onde conta com Melgarejo e Luisinho, dois jogadores que, por mais que se tente provar o contrário, não têm valor para vestir a camisola encarnada e, do lado direito, apenas conta com Maxi Pereira, sendo que o pânico varre os adeptos do Benfica sempre que o internacional uruguaio se lesiona ou é castigado.

Perante todas estas condicionantes e tendo em conta o plantel azul-e-branco, pensou-se que dificilmente o Benfica teria capacidade para ombrear com o FC Porto, principalmente até Janeiro, altura em que duas ou três aquisições podiam reequilibrar o plantel das águias. No entanto, Jorge Jesus tem conseguido não descolar dos dragões, mesmo contando com muito menos soluções que o seu adversário nortenho.

De facto, o Benfica continua na frente do campeonato (ex-aequo com os dragões), somando seis vitórias e dois empates, mantém-se sólido na Taça de Portugal e apenas tem vacilado na Liga dos Campeões, ainda que a lógica convide a pensar que duas vitórias caseiras diante de Celtic e Spartak Moscovo até podem garantir a qualificação para os oitavos de final.

Aqui, o mérito é de Jorge Jesus, que tem conseguido manter um excelente desempenho colectivo da sua equipa com todas as condicionantes que lhe ofereceram e, acima de tudo, sem nunca ter usado qualquer tipo de desculpa, mesmo quando não lhe deram o lateral-esquerdo que queria (Eliseu) ou quando o privaram de dois titularíssimos da equipa em cima do fecho das transferências (Witsel e Javi).

Neste momento, ainda assim, os adeptos pedem muito mais a sua cabeça que a de Luís Filipe Vieira que continua a ser (quase) idolatrado pela grande maioria dos benfiquistas, todavia, é Jesus que continua a manter o Benfica no topo e não a gestão do seu Presidente, cabendo aos adeptos encarnados perceberem isso, limitando-se, para isso, a lembrarem-se do que se passou com o Sporting e Paulo Bento…

Read Full Post »

A Taça que Iordanov mereceu como ninguém

Os grandes símbolos dos grandes clubes merecem a sua homenagem. Iordanov não é diferente. O ex-jogador Búlgaro foi e é uma referência do Sporting Clube de Portugal.

Sempre foi um exemplo de profissionalismo e deu tudo em campo pelo clube, jogou a avançado (sua posição natural), mas também o vimos a jogar a médio ofensivo, médio ala esquerdo, trinco, defesa central e lateral direito. Teve um problema de saúde grave, mas isso não o demoveu e, com grande força de vontade, superou as dificuldades e continuou a dar o seu melhor pelo Sporting Clube de Portugal. Fez parte de equipas com jogadores de topo – como Balakov, Paulo Sousa, Figo ou Amunike, e esteve ligado a momentos importantes do clube, como a conquista da Taça da Portugal (94/95) ou do título nacional (99/00)

Quando acabou a carreira, o seu “clube do coração” prometeu-lhe uma homenagem, mas não a cumpriu. Iorda (nome pelo qual é carinhosamente tratado pelos amigos) lutou pelo que tinha direito, na esperança que pudesse ter a despedida com que tanto sonhou, e no dia 5 de Maio, pelas 20:30h, Alvalade poderá finalmente despedir-se, num jogo particular que envolverá estrelas que pisaram os mesmos relvados que o ex-jogador Búlgaro. Esse jogo será uma oportunidade única de prestar a devida homenagem e rever velhas glórias do Sporting, estando já confirmados jogadores como Oceano Cruz, Ivkovic, Pedro Barbosa, Rui Jorge, Beto, Pedro Venâncio, Carlos Xavier, Marco Aurélio, Vidigal, Luisinho, Sá Pinto, Leal, Luís Figo, Acosta e André Cruz.

No entanto, a direcção do Sporting decidiu convidar também referências dos nossos rivais. Estando confirmado que Vitor Baía, Jorge Costa, Rui Costa, António Veloso, Vítor Paneira, Neno, Domingos Paciência, Paulinho Santos, Fernando Couto e Emil Kostadinov irão jogar nesse encontro. Podemos especular que será uma manobra de marketing na tentativa de trazer adeptos de outros clubes ao estádio, mas numa festa que se espera entre os adeptos do Sporting e Iordanov esta situação é lamentável. A situação de Kostadinov é aceitável, já que foram companheiros de selecção, mas trazer ídolos de clubes rivais para serem aplaudidos numa festa leonina não faz qualquer sentido.

A festa merece aplausos, mas dou o cartão vermelho ao convite de alguns jogadores. É que juntar Paulinho Santos com Acosta (depois do episódio da final da taça 99/00) é uma proeza digna da maior ingenuidade.

Fica um video de homenagem a Iordanov, naquele que foi um dos maiores duelos entre um avançado e um guarda-redes durante 90 minutos.

Read Full Post »