Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘Médio-defensivo’

Guido Pizarro poderá ter impacto imediato no leão

Guido Pizarro poderá ter impacto imediato no leão

Um importante aspecto que este estágio na África do Sul transmitiu ao Sporting passou pela necessidade imperiosa dos verde-e-brancos assegurarem um “seis” no mercado, alguém que consiga suprimir a ausência de William Carvalho, jogador a contas com uma fractura de stress na tíbia e que só deverá regressar aos relvados em dez semanas.

Ora, um dos jogadores que aparentemente está na linha da frente para reforçar essa zona específica do terreno será o argentino Guido Pizarro, futebolista de 25 anos que vai evoluindo nos mexicanos do Tigres, emblema que irá disputar brevemente a final da Taça dos Libertadores, diante do River Plate.

Trata-se de um médio-defensivo nascido a 26 de Fevereiro de 1990 em Buenos Aires, Argentina, e que iniciou a sua carreira no Lanús, emblema pelo qual somou 135 jogos e oito golos entre 2009/10 e 2012/13. De há duas temporadas para cá, contudo, tem sido na Liga MX que vem desenvolvendo o seu futebol e com grande qualidade, ou não fosse ele uma das referências do Tigres, clube pelo qual soma 83 jogos e três golos até ao momento.

Um “seis” à JJ

Guido Pizarro parece ter sido desenhado à imagem daquilo que Jorge Jesus costuma apreciar num médio-defensivo do seu sistema, uma vez que alia uma acentuada eficácia defensiva a uma igualmente relevante capacidade de construção, sendo inclusivamente um jogador indicado para iniciar o processo ofensivo a partir dos centrais como o experiente técnico costuma exigir de um trinco.

Alto, inteligente em termos posicionais e rápido, parece muitas vezes omnipresente na cabeça da área, sendo extremamente importante para manter os equilíbrios defensivos da equipa que representa, sendo ainda relevante sublinhar que é um jogador forte no desarme e na antecipação.

Depois, ao nível ofensivo, Guido Pizarro é um jogador que pode oferecer ao Sporting algo do qual os leões têm sido especialmente orfãos nesta pré-época e que passa pela dificuldade do “seis” ou dos defesas-centrais em iniciarem o processo atacante em posse. Aí, o argentino, graças à sua visão de jogo e boa técnica individual poderia ser um reforço importantíssimo, pelo menos até à chegada de William Carvalho.

Read Full Post »

Anderson Esiti poderá reforçar o Sporting

Anderson Esiti poderá reforçar o Sporting

A lesão de William Carvalho veio complicar de sobremaneira as contas de Jorge Jesus para a posição “seis” do Sporting, sendo que os verde-e-brancos, mesmo antes do infortúnio do internacional português, já haviam tentado a aquisição de Danilo Pereira para funcionar como o seu backup.

Nesse seguimento, e mesmo que existam algumas soluções no plantel, a verdade é que parece agora claro que os leões irão garantidamente ao mercado para a contratação de um médio-defensivo, voltando a falar-se do nigeriano Anderson Esiti, um alvo antigo do Sporting e que milita agora no Estoril-Praia.

Cresceu no Leixões

Anderson Esiti nasceu a 24 de Maio de 1994 em Warri, Nigéria, mas cedo viajou para Portugal, isto para evoluir na equipa de juniores do Leixões, emblema pelo qual se estreou no futebol sénior em 2013/14, e logo com grande impacto, ou não tivesse somado 47 jogos oficiais e merecido inclusivamente a cobiça do Sporting.

A verdade, contudo, é que os leões não conseguiram assegurar a contratação do “seis”, que acabaria por rumar ao Estoril-Praia, emblema pelo qual terminou a temporada transacta com um pecúlio de 26 jogos oficiais, isto mesmo que tenha merecido mais a confiança de José Couceiro do que de Fabiano Soares.

Enorme qualidade no processo defensivo

É inegável que este futebolista nigeriano tem um enorme talento e potencial, beneficiando de uma dimensão física (1,89 metros e 82 quilos) que lhe garante grande eficácia nos duelos aéreos e nos confrontos corpo a corpo, mas também apresentando uma grande maturidade ao nível do posicionamento e eficácia no desarme, antecipação e contenção.

Defensivamente, aliás, Anderson Esiti parece talhado para um dos aspectos que Jorge Jesus muito gosta nos seus “seis” e que passa pela capacidade de recuar para junto dos centrais, isto por forma a poder projectar ofensivamente os laterais, que, no Sporting (Jefferson e João Pereira), estão destinados a oferecer muita verticalidade.

Tem de assumir mais o risco

Onde lhe falta alguma evolução, valha a verdade, é no processo ofensivo, sendo que para jogar num clube com a dimensão do Sporting parece-me que o jovem de 21 anos terá de assumir mais o jogo e projectar-se mais para o ataque.

Ainda assim, tendo Anderson Esiti até alguma qualidade técnica, e sabendo-se da qualidade de Jorge Jesus para “inventar” médios-defensivos de grande qualidade, poderá prever-se um crescimento claro neste aspecto específico, em algo que projectaria imediatamente o nigeriano para um patamar de clara excelência.

Read Full Post »

Palhinha estará a impressionar JJ

Palhinha estará a impressionar JJ

Para além de colocar Gelson Martins e Wallyson Mallmann na rota da equipa principal do Sporting, a imprensa desportiva lusa é igualmente unânime em afirmar que existe outro jogador da equipa B verde-e-branca a impressionar o novo técnico Jorge Jesus, mais concretamente o médio-defensivo João Maria Lobo Alves Palhinha Gonçalves.

Trata-se de um futebolista nascido a 9 de Julho de 1995 em Lisboa, Portugal, e que iniciou a sua carreira desportiva no Alta de Lisboa, tendo passado posteriormente pelo Sacavenense, isto antes de chegar ao Sporting em 2012/13, então para a equipa de juniores.

Pela equipa B, o médio-defensivo estreou-se em 2013/14 (dois jogos), sendo que a sua esperada explosão definitiva, que estaria marcada para a temporada seguinte, acabou travada por uma Mononucleose, enfermidade que acabou por limitar a sua utilização em 2014/15, onde ainda assim conseguiu somar 17 jogos (um golo) e merecer a atenção de Jorge Jesus, que parece conquistado pelas suas qualidades.

Um novo Javi?

João Palhinha é um “seis” diferente de William Carvalho e não estamos aqui só a falar da natural maior experiência e traquejo do internacional A português, mas também das próprias características futebolísticas de ambos os atletas.

Afinal, enquanto William Carvalho consegue aliar eficácia no equilíbrio defensivo a uma capacidade inata para iniciar o processo de construção, fruto da sua superior técnica e qualidade de passe, João Palhinha é um futebolista mais à imagem de Javi García (salvem-se as actuais distâncias), apresentando maior dimensão física e intensidade de jogo do que o luso-angolano, mas apresentando-se como um trinco mais posicional, preocupando-se principalmente nas tarefas defensivas, o que acaba por libertar os companheiros de miolo para outras funções.

Esta postura no relvado, ainda assim, também é resultado da própria maturidade do jovem de 19 anos, que, consciente de que não é propriamente um prodígio técnico, tem a inteligência de dedicar-se quase em exclusivo a funções que realcem aquelas que são as maiores qualidades, que, além das supra-citadas, passam pela sua inteligência táctica e qualidade na marcação e contenção.

Read Full Post »

Imbula é um grande talento

Imbula é um grande talento

Hoje o país futebolístico despertou com a surpreendente notícia de que o FC Porto estará prestes a assegurar a contratação do promissor médio-defensivo francês Giannelli Imbula, futebolista do Marselha que poderá merecer um investimento recorde de 25 milhões de euros por parte dos azuis-e-brancos.

Trata-se de um jovem nascido a 12 de Setembro de 1992 em Vilvoorde, Bélgica, mas que é filho de pais congoleses e que cresceu essencialmente em França, sendo mesmo internacional pelos gauleses nos escalões de sub-20 e sub-21.

Explodiu no Guingamp

Tendo passado pelas camadas jovens do US Argenteuil, Racing Club, Paris Saint Germain e Guingamp, foi precisamente ao serviço deste último clube que haveria de se estrear no futebol profissional em 2009/10.

Nessa temporada, valha a verdade, o “seis” pouco actuou, mas haveria de se assumir como titular logo na campanha seguinte, tendo, entre 2010 e 2013, somado um total de 99 jogos (quatro golos) pelo Guingamp e merecido um salto para o gigante Marselha.

Impôs-se imediatamente no Marselha

Ao serviço do Guingamp, Giannelli Imbula havia actuado apenas no National e na Ligue 2, ou seja, no terceiro e segundo escalão do futebol gaulês, mas a verdade é que o médio-defensivo não sentiu o salto para a Ligue 1, tendo impacto imediato na degrau mais alto do futebol francês.

Os números, afinal, não enganam, com o internacional sub-21 francês a somar um total de 76 jogos (três golos) pelo Marselha ao longo das últimas duas temporadas, num registo que é sintomático da sua importância.

Uma verdadeira parede

Giannelli Imbula é um médio-defensivo que destaca-se imediatamente pela sua capacidade física (1,86 metros e 78 quilos), assumindo-se como uma “parede” quase intransponível à frente do sector recuado.

Inteligente em termos posicionais e muito forte no capítulo do desarme e antecipação, o jovem de 22 anos destaca-se igualmente pela sua velocidade e pulmão, sendo capaz de estar em constante rotação durante os 90 minutos do jogo.

Não sendo tecnicamente fraco, a verdade é que o internacional sub-21 francês também não é propriamente um prodígio nesse capítulo, ainda que seja capaz de se integrar positivamente no processo ofensivo, até porque é um jogador que consegue embalar em velocidade, característica que, aliada à sua potência física e boa capacidade finalizadora, o torna especialmente perigoso.

Read Full Post »

Danilo poderá ser um dos melhores

Danilo poderá ser um dos melhores “seis” do planeta

Uma das grandes revelações da última edição do campeonato nacional acabou de ser consagrado como o segundo melhor jogador do Mundial de sub-20, prova onde ajudou a levar o Brasil até uma final entretanto perdida diante da campeã Sérvia (1-2).

Falamos, é claro, do médio-defensivo Danilo Barbosa da Silva, jovem nascido a 28 de Fevereiro de 1996 em Simões Filho, Brasil, e que vai representando o Sporting de Braga, ainda que seja previsível que essa estadia no Minho dure pouco mais tempo, tal é a sua qualidade e o “peso” dos interessados (fala-se da Juventus, por exemplo).

Afinal, formado no Vasco da Gama, clube pelo qual somou nove jogos pela equipa principal em 2014, Danilo acabou por rumar a Portugal no último Verão, e com apenas 18 anos, mas a verdade é que não sentiu minimamente o impacto da chegada ao futebol europeu, assumindo-se como um esteio dos “guerreiros”, pelos quais somou 28 jogos (dois golos).

Classe, técnica e inteligência posicional

Não sendo propriamente veloz, Danilo é um futebolista que se destaca imediatamente pelo seu inteligente e eficaz posicionamento, algo que lhe permite ter uma ocupação de espaços quase perfeita no meio-campo do Sporting de Braga, onde controla todas as operações e é muito mais que um simples “seis” de contenção.

O internacional sub-21 brasileiro é ainda um jogador que apresenta uma boa capacidade técnica e de passe, sendo bastante importante na primeira fase de construção da equipa minhota, algo que faz com muita qualidade. Para além disso, Danilo tem igualmente capacidade de projecção ofensiva, sendo inclusivamente um bom finalizador quando tem oportunidade para tal.

Igualmente com boa capacidade de marcação, faltará apenas a Danilo ganhar por vezes um pouco mais de intensidade nas suas acções, algo que acaba por ser natural para um jogador que ainda só conta com 19 anos de idade.

Read Full Post »

Borysiuk é uma esperança polaca

No Légia Varsóvia, clube histórico da capital polaca, actua um médio-centro de grande qualidade e que pode ser um dos grandes jogadores polacos num futuro próximo: Ariel Borysiuk.

Nascido a 29 de Julho de 1991 em Biala Podlaska, Polónia, Ariel Borysiuk iniciou a sua carreira em 2004 nas escolas do TOP 54 Biała Podlaska, clube onde permaneceu até 2007.

A 23 de Fevereiro desse mesmo ano de 2007, o actual internacional polaco estreou-se na primeira divisão polaca ao serviço do Légia de Varsóvia. Nessa altura, Borysiuk tinha apenas 16 anos e 213 dias, tornando-se no segundo jogador mais novo de sempre a envergar a camisola principal do clube polaco.

Desde a data da estreia, Ariel Borysiuk já efectuou 75 jogos (3 golos) com a camisola do Légia e assume-se, neste momento, como um dos jogadores mais importantes do histórico clube polaco.

Um trinco de vistas largas

Apesar de se tratar de um médio de características defensivas, o internacional polaco não se limita a defender e a recuperar bolas (aspectos que, valha a verdade, domina muito bem), pois tem bastante técnica individual e visão de jogo, sendo usual que inicie várias jogadas de ataque.

Rápido e com um pulmão apreciável, é daqueles jogadores que parece estar em todo o lado, sendo um elemento extremamente importante para qualquer meio-campo que se queira dinâmico.

Neste momento, com 20 anos, trata-se de um jogador que os olheiros dos clubes portugueses devem ter debaixo de olho, pois seria um reforço bastante interessante para qualquer grande lusitano.

Read Full Post »

Santiago Arias é uma promessa colombiana

Chegou ontem a Lisboa, outro dos reforços do Sporting para esta temporada, um polivalente e promissor lateral/ala-direito colombiano que estará presente no Mundial sub-20: Santiago Arias.

Nascido a 13 de Janeiro de 1992 em Medellín, Colômbia, Santiago Arias é um produto das escolas do La Equidad, tendo se estreado profissionalmente pelo clube colombiano nesta época de 2011. Sendo ainda muito jovem, ainda só efectuou cinco jogos pela equipa principal do La Equidad, contudo, tem sido peça importantíssima da selecção colombiana de sub-20 que recentemente disputou o Torneio de Toulon e estará no Mundial de Sub-20 que, curiosamente, será disputado, este Verão, na Colômbia.

Arias pode jogar em três posições

Um dos trunfos do novo reforço leonino é a capacidade de poder jogar em três posições distintas dentro do terreno de jogo: lateral-direito, ala-direito e médio defensivo.

Ainda assim, é como lateral-direito que o jogador explana melhor o seu futebol de boa capacidade técnica, inteligência táctica, raça e velocidade. Qualidades que fazem dele um jogador ideal para ser o lateral ofensivo de uma equipa que queira dar profundidade ao jogo atacante pelos flancos.

Neste momento, com 19 anos, ainda tem muito que evoluir e aprender, todavia, tal como o peruano Carrillo, é uma excelente promessa do futebol mundial que chega agora à equipa leonina.

Read Full Post »

Older Posts »