Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘Médio’

Renato Neto brilhou na Bélgica

O primeiro reforço de inverno do Sporting Clube de Portugal foi um produto da casa que, há ano e meio, rodava com enorme sucesso nos belgas do Cercle Brugge. Falo, obviamente, de Renato Neto.

Nascido a 27 de Setembro de 1991 em Camacan, Brasil, Renato Neto é um produto da Academia Catarinense de Futebol, tendo chegado ao futebol português e ao Sporting em 2007.

Entre 2007/08 e 2009/10, o médio evoluiu nas camadas jovens verde-e-brancas, tendo se assumido como figura importante da equipa no meio-campo ofensivo e sendo inclusivamente chamado algumas vezes à equipa principal, participando na última jornada de 2008/09 (vitória por 3-1 diante do Nacional) e na última jornada de 2009/10 (vitória por 2-1 diante do Leixões).

Em 2010/11, o brasileiro foi emprestado ao Cercle Brugge e a aventura belga foi uma etapa de grande sucesso na carreira de Renato Neto. De facto, em época e meia, o jovem canarinho efectuou 54 jogos e marcou 5 golos pelo clube belga e assumiu-se como uma das principais estrelas do segundo clube mais representativo de Brugge, granjeado imensos elogios e conseguindo, neste inverno, o regresso aos leões de Alvalade.

Faz três posições no miolo

Renato Neto é um médio polivalente, podendo actuar na posição “seis”, “oito” e “dez”, ainda que seja a “oito” que se sente mais peixe na água, pois é fortíssimo nas transições.

Jogador com elevada qualidade técnica, bastante alto (1,87 metros) e forte fisicamente, trata-se de um elemento possante e com grande pulmão, muito importante para fortalecer a zona central do meio-campo.

A tudo isso, soma um bom remate e apenas peca por não ser um elemento muito rápido, apesar de compensar essa situação com um excelente posicionamento, qualidade que refinou durante o ano e meio que esteve na Bélgica.

Com 20 anos, trata-se de um elemento com elevado potencial e que, certamente, irá crescer ainda mais nesta nova etapa da sua vida desportiva.

Anúncios

Read Full Post »

L. Pimenta é um produto das escolas do Benfica

No Atlético actua uma jovem promessa lusitana criada nas escolas do Sport Lisboa e Benfica e que, por certo, almejará regressar um dia ao ninho da águia: Leandro Pimenta.

Nascido a 9 de Julho de 1990 em Albufeira, Leandro António Coelho Pimenta é um produto das escolas do Sport Lisboa e Benfica, tendo brilhado nas camadas jovens encarnadas como médio polivalente que tanto podia jogar numa posição mais defensiva, como a interior-esquerdo ou, inclusivamente, médio ofensivo.

Numa espiral de empréstimos

Em 2009/10, na transição para futebolista sénior, Leandro Pimenta foi emprestado ao Beira-Mar, então na Liga de Honra. No clube aveirense, porém, o médio português não se conseguiu impor, terminando a temporada com apenas 533 minutos realizados em todas as competições oficiais.

Na temporada seguinte, Leandro Pimenta foi emprestado ao Fátima, mas voltou a não ser feliz, não se assumindo como titular no clube que acabou por descer à II divisão nacional no final da época.

Na actual época, foi a vez do jovem português ser emprestado ao Atlético e, aí, finalmente Leandro Pimenta se assumiu como titular absoluto, somando 11 jogos como titular pelo clube da Tapadinha e sendo, claramente, uma das peças fundamentais de uma equipa que se assume como uma surpreendente candidata à subida ao primeiro escalão.

Médio polivalente que também pode jogar como lateral

Leandro Pimenta é preferencialmente um médio-centro, que tanto pode jogar numa posição mais defensiva como em sectores mais ofensivos do relvado, demonstrando ter boa técnica individual, interessante visão de jogo e um posicionamento no terreno de jogo de grande qualidade.

Para além disso, a sua polivalência também lhe permite actuar como interior-esquerdo e, inclusivamente, a lateral-esquerdo, assumindo-se sempre como um jogador muito seguro, generoso e que sabe cumprir com aquilo que o treinador lhe pede.

Neste momento, com 21 anos, e a viver a primeira temporada sénior como titular absoluto, Leandro Pimenta aproxima-se finalmente do grande sonho de, um dia, poder vestir a camisola principal do Sport Lisboa e Benfica.

Read Full Post »

Farnerud num Sporting-Benfica

Pontus Farnerud não é aquele tipo de jogador que rapidamente encontramos defeitos, sendo que o seu principal problema é exactamente o facto de não ter nenhuma qualidade que se destaque. No seu futebol simples, sem arriscar e sem qualquer rasgo, ia fazendo desesperar os adeptos leoninos que sempre tiveram dificuldade em perceber como um dia o Sporting resolveu contratá-lo. Durante dois anos, o médio ainda fez 35 jogos pelos verde-e-brancos em todas as competições oficiais, contudo, pela palidez das suas exibições, duvido que algum adepto leonino se lembre verdadeiramente de algum.

Chegou à Ligue 1, depois de se destacar no Landskrona

Pontus Farnerud nasceu a 4 de Junho de 1980 em Helsingborg, Suécia, tendo iniciado a sua carreira bastante cedo, pois em 1996, aos 16 anos, já era elemento importante do Landskrona. Neste clube sueco, haveria de permanecer nas duas épocas seguintes, contabilizando 14 golos em 55 jogos, antes de, em 1998, com apenas 18 anos, se ter transferido para os franceses do Mónaco.

Aos monegascos  chegou rotulado de grande promessa do futebol europeu, todavia, a esperada explosão nunca aconteceu. Entre 1998 e 2005, Farnerud ainda fez 94 jogos (5 golos) pelo Mónaco, mas nunca se assumiu como titular indiscutível, tendo, dessa forma, saído para o Estrasburgo em 2005/06.

No “Le Racing”, onde já tinha actuado, por empréstimo do Mónaco em 2003/04,  actuou ao lado do irmão Alexander e foi finalmente titular indiscutível, todavia, o sucesso individual não foi acompanhado de sucesso desportivo, pois o Estrasburgo acabou por descer de divisão no final da temporada.

Duas épocas pálidas em Alvalade

Não pretendendo disputar o segundo escalão do futebol francês, Pontus Farnerud transferiu-se para Portugal e para o Sporting, onde permaneceu durante as temporadas de 2006/07 e 2007/08.  Durante esse período, o internacional sueco foi várias vezes utilizado, sendo muitas vezes elogiado pela sua inteligência táctica e capacidade de sacrifício, no entanto, nunca conquistou os adeptos verde-e-brancos que achavam que o escandinavo passava constantemente ao lado dos jogos.

Assim sendo, após duas temporadas e trinta e cinco desafios disputados, Pontus Farnerud deixou o Sporting, transferindo-se para os noruegueses do Stabaek, clube que ainda representa neste momento.

Desde que chegou à Noruega, Farnerud assumiu-se como peça importante do Stabaek, somando 63 jogos (7 golos) pelos norugueses e tendo sido peça importante na conquista do título em 2008.

Read Full Post »


Mikkel Diskerud é um médio de qualidade

Na Liga Norueguesa, mais concretamente no Stabaek, actua um polivalente médio, que é uma das promessas do futebol norte-americano: Mikkel Diskerud.

Nascido a 2 de Outubro de 1990, em Oslo, Mikkel “Mix” Morgenstar Pålssønn Diskerud só conheceu um clube em toda a sua carreira que foi o Stabaek, equipa que representa desde as camadas jovens.

Sénior desde 2008, o médio norte-americano já efectuou 60 jogos (10 golos) pelo clube norueguês, assumindo-se, desde 2009, como titular absoluto do Stabaek.

Apesar de ter nascido na Noruega e de até ter representado aquele país escandinavo em algumas provas internacionais a nível juvenil, Mikkel Diskerud acabou por, a nível sénior, ter escolhido a selecção norte-americana (já soma duas internacionalizações), equipa pela qual é elegível pelo facto da sua mãe ter nascido no Arizona.

Médio polivalente e de boa qualidade técnica

Mikkel Diskerud é um médio com bom posicionamento e visão de jogo, que tem boa qualidade de passe e que gosta de ter a bola nos pés. Preferencialmente um médio-centro talhado para a posição “oito”, também pode actuar como interior-esquerdo e, até, na posição dez.

Ainda assim, penso que por não ser um jogador extremamente rápido e, por lhe faltar a criatividade exigível a um número dez, é na posição “oito” que irá render mais, seja como elemento mais móvel de um duplo-pivot, ou como “box to box” num 4-3-3.

Com apenas 20 anos e já internacional pelos Estados Unidos, trata-se de um jogador a merecer grande atenção pelos olheiros internacionais.

Read Full Post »