Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘Nigéria’

Madu tem um potencial impressionante

Madu tem um potencial impressionante

Mesmo contando nos seus quadros com Eliseu e Marçal, não é garantido que o Benfica não vá ainda ao mercado para a contratação de mais um lateral-esquerdo, sendo que o jornal “A Bola”, fazendo eco da imprensa holandesa, coloca hoje o jovem nigeriano Kingsley Madu, de 19 anos, na rota da Luz.

Trata-se de um futebolista nascido a 12 de Dezembro de 1995 na Nigéria e que cedo rumou ao futebol europeu, com destino à Eslováquia, isto para representar o Trencin, da primeira divisão daquele país da ex-Checoslováquia.

Aí, estreou-se profissionalmente em 2013/14, somando, até este momento, 32 jogos e dois golos, e tendo inclusivamente ajudado o Trencin a conquistar a dobradinha na temporada transacta.

Um verdadeiro diamante por lapidar

Antes de mais, há que referir que Kingsley Madu ainda tem muito que evoluir em termos tácticos e, até, da gestão do seu próprio esforço, uma vez que o nigeriano, para a posição que ocupa no terreno, deixa demasiado espaço nas suas costas, comete demasiados erros posicionais e ainda excede-se em demasia em correrias muitas vezes sem grande sentido.

Posto isto, há que admitir que este lateral-esquerdo tem tudo para ser um jogador de elite, apresentando inúmeras qualidades ofensivas, nomeadamente a sua explosividade e velocidade, que garantem grande profundidade ao seu flanco, assim como a capacidade de drible, qualidade no passe/cruzamento, e superior visão de jogo.

A nível defensivo, por outro lado, existem ainda os problemas que já foram referidos, ainda que o nigeriano de 19 anos tenha todas as valências para evoluir imenso neste aspecto, até porque a sua velocidade permite-lhe uma capacidade de recuperação fora de comum. Por fim, temos também de sublinhar a sua capacidade de desarme e competência no jogo aéreo, isto mesmo que meça apenas 1,75 metros.

Read Full Post »

Anderson Esiti poderá reforçar o Sporting

Anderson Esiti poderá reforçar o Sporting

A lesão de William Carvalho veio complicar de sobremaneira as contas de Jorge Jesus para a posição “seis” do Sporting, sendo que os verde-e-brancos, mesmo antes do infortúnio do internacional português, já haviam tentado a aquisição de Danilo Pereira para funcionar como o seu backup.

Nesse seguimento, e mesmo que existam algumas soluções no plantel, a verdade é que parece agora claro que os leões irão garantidamente ao mercado para a contratação de um médio-defensivo, voltando a falar-se do nigeriano Anderson Esiti, um alvo antigo do Sporting e que milita agora no Estoril-Praia.

Cresceu no Leixões

Anderson Esiti nasceu a 24 de Maio de 1994 em Warri, Nigéria, mas cedo viajou para Portugal, isto para evoluir na equipa de juniores do Leixões, emblema pelo qual se estreou no futebol sénior em 2013/14, e logo com grande impacto, ou não tivesse somado 47 jogos oficiais e merecido inclusivamente a cobiça do Sporting.

A verdade, contudo, é que os leões não conseguiram assegurar a contratação do “seis”, que acabaria por rumar ao Estoril-Praia, emblema pelo qual terminou a temporada transacta com um pecúlio de 26 jogos oficiais, isto mesmo que tenha merecido mais a confiança de José Couceiro do que de Fabiano Soares.

Enorme qualidade no processo defensivo

É inegável que este futebolista nigeriano tem um enorme talento e potencial, beneficiando de uma dimensão física (1,89 metros e 82 quilos) que lhe garante grande eficácia nos duelos aéreos e nos confrontos corpo a corpo, mas também apresentando uma grande maturidade ao nível do posicionamento e eficácia no desarme, antecipação e contenção.

Defensivamente, aliás, Anderson Esiti parece talhado para um dos aspectos que Jorge Jesus muito gosta nos seus “seis” e que passa pela capacidade de recuar para junto dos centrais, isto por forma a poder projectar ofensivamente os laterais, que, no Sporting (Jefferson e João Pereira), estão destinados a oferecer muita verticalidade.

Tem de assumir mais o risco

Onde lhe falta alguma evolução, valha a verdade, é no processo ofensivo, sendo que para jogar num clube com a dimensão do Sporting parece-me que o jovem de 21 anos terá de assumir mais o jogo e projectar-se mais para o ataque.

Ainda assim, tendo Anderson Esiti até alguma qualidade técnica, e sabendo-se da qualidade de Jorge Jesus para “inventar” médios-defensivos de grande qualidade, poderá prever-se um crescimento claro neste aspecto específico, em algo que projectaria imediatamente o nigeriano para um patamar de clara excelência.

Read Full Post »

Igboun é um extremo-esquerdo de grande talento

Igboun é um extremo-esquerdo de grande talento

Um dos mais fascinantes futebolistas que vai deixando o seu perfume na principal liga dinamarquesa é o avançado nigeriano Sylvester Igboun, jovem de apenas 24 anos que há muitas épocas representa o FC Midtjylland.

Nascido a 8 de Setembro de 1990 em Lagos, Nigéria, Sylvester “Syl” Igboun iniciou a sua carreira no Ebedei do seu país natal, mas cedo mudou-se para a Dinamarca e para o FC Midtjylland, clube que representa ao nível do futebol sénior desde 2009/10.

Fulcral no FC Midtjylland

Desde que se estreou profissionalmente pelo FC Midtjylland, Sylvester Igboun  já soma um total de 158 jogos e 46 golos, sendo peça fundamental do conjunto dinamarquês desde 2010/11.

Este ano, aliás, o jovem nigeriano está prestes a festejar o seu primeiro título dinamarquês, uma vez que, a quatro jornadas do fim, o FC Midtjylland lidera o campeonato local com 12 pontos de avanço sobre o FC Copenhaga. Nesta campanha, Igboun contribuiu com 10 golos e cinco assistências em 29 jogos.

Fantástico extremo-esquerdo

Sylvester Igboun pode actuar como extremo (esquerdo ou direito) ou avançado-centro, mas é claramente a partir do flanco canhoto que consegue atingir a plenitude das suas capacidades, assumindo-se, aí, como um verdadeiro quebra-cabeças para os adversários.

Afinal, sendo destro, o jovem nigeriano é fortíssimo nas diagonais da esquerda para o centro, procurando sempre os desequilíbrios no miolo através da sua velocidade e boa técnica. Para além disso, e mesmo que privilegie sempre os movimentos rumo a zonas centrais, a verdade é que também sabe dar profundidade ao seu flanco sempre que necessário.

De sublinhar, igualmente, que o bom registo de golos de “Sly” não é um mero acaso e deve-se essencialmente ao facto do atacante finalizar muito bem de média e curta distância, sendo ainda de realçar o seu oportunismo, uma vez que o nigeriano sabe explorar, como poucos, as zonas de finalização.

Read Full Post »

Patrick Friday Eze é um avançado possante e goleador

Friday Eze é um avançado possante e goleador

No modesto Mladost Lucani, actual oitavo classificado do principal campeonato sérvio, actua um jovem ponta de lança nigeriano com condições para voos bem mais altos no espectro futebolístico europeu.

Nascido a 22 de Dezembro de 1992 em Kaduna, Nigéria, Patrick Friday Eze actuou em pequenos clubes do seu país natal antes de saltar para o África Sports, da Costa do Marfim, isto em 2011/12.

Explodiu na actual temporada

Destacando-se no clube marfinense, o jovem atacante transferiu-se então para o futebol europeu em 2013/14, por onde entrou pela Sérvia e pelo Rad de Belgrado. Nesse clube da capital sérvia, todavia, não teve qualquer impacto, num cenário que se repetiu no Napredak Krusevac, isto a partir da segunda metade da mesma temporada.

Este cenário de insucesso, ainda assim, teve o seu final na presente temporada, com a mudança de Patrick Friday Eze para o Mladost Lucani, clube recém-promovido à superliga sérvia. Aí, afinal, o jovem nigeriano já soma 15 golos em 25 jogos, sendo mesmo o melhor marcador do campeonato.

Um “touro” que sabe usar o físico

Patrick Friday Eze é um ponta de lança que se destaca pela sua envergadura física (187 cm e 87 quilos), algo que faz dele um jogador muito complicado de marcar, uma vez que é muito forte no choque e na forma como sabe proteger o esférico dos adversários.

Sem ser particularmente evoluído tecnicamente, o nigeriano tenta compensar esse factor com a sua velocidade e explosão, algo que, aliado ao seu físico, o tornam quase imparável quando embalado de trás. Depois, quanto à finalização, o jovem atacante de 22 anos mostra igualmente um excelente índice de eficácia

Nesta fase, contudo, existem ainda algumas arestas a limar no capítulo da definição dos lances, uma vez que Patrick Friday Eze, nem sempre escolhe a melhor opção, e também do seu posicionamento táctico, em duas nuances que a serem melhoradas, certamente permitirão que o nigeriano atinja um patamar futebolístico bem mais elevado que o actual.

[https://www.youtube.com/watch?v=RtCbruATZZA]

Read Full Post »

Kim Ojo é um excelente avançado

Um dos jogadores que se destacou na passada época de 2011 no campeonato norueguês foi o avançado nigeriano Kim Ojo, ponta de lança que brilhou e brilha com a camisola do Brann.

Nascido a 2 de Dezembro de 1988 em Warri, Nigéria, Kim Ojo é um produto das escolas dos nigerianos do Plateau United, clube de onde se transferiu para os noruegueses do Nybergsund.

No modesto clube da segunda divisão norueguesa , o avançado africano esteve entre 2008 e 2010, marcando 38 golos em 76 jogos (media de 1 golo a cada 2 jogos) e garantindo uma transferência para o bem mais emblemático Brann Bergen.

No Brann, na temporada passada (2011), Kim Ojo provou que a transição para o primeiro escalão norueguês não lhe pesou, pois o nigeriano marcou 17 golos em 28 partidas disputadas pelo clube de Bergen.

Puro homem de área

Kim Ojo é aquilo que podemos considerar um puro homem de área. Alto (1,92 metros) e esguio, o nigeriano é poderosíssimo no jogo aéreo, marcando inúmeros golos de cabeça, mesmo num campeonato em que os jogadores são tipicamente altos como é o caso da liga norueguesa.

Apesar das suas características físicas o colocarem imediatamente com o perfil de um “target man”, Kim Ojo é um jogador que não se limita a esperar pacientemente pela bola em zonas de tiro, mostrando boa mobilidade e interessante técnica individual e sabendo procurar sempre a melhor zona para finalizar.

Depois, na hora de atirar à baliza, Kim Ojo é um jogador frio e eficaz, assumindo-se, globalmente, como um ponta de lança com características muito interessantes para qualquer clube português de perfil médio/médio-alto.

Read Full Post »

Emeghara (1º plano) a jogar pela Suíça

Nos gauleses do Lorient actua um veloz avançado helvético de origem nigeriana e que se começa a assumir como um dos grandes valores do futebol suíço: Innocent Emeghara.

Nascido a 27 de Maio de 1989 em Lagos, Nigéria, Innocent Emeghara esteve nas camadas jovens do Toss e do Winterthur, antes de chegar à equipa secundária do FC Zurique em 2006.

Nos três anos seguintes, o atacante suíço desenvolveu o seu futebol na equipa B do FC Zurique, tendo marcado 16 golos em 47 jogos. Ainda assim, apesar dos números interessantes, o ponta de lança acabou por mudar de ares em 2009, tendo regressado ao Winterthur.

Explodiu no Winterthur e consolidou-se no Grasshoppers

No clube da “Challenge League” (segundo escalão suíço), Emeghara brilhou, tendo marcado 17 golos em 28 jogos e ganhando o direito de se transferir, no início da temporada transacta, para o Grasshoppers. Nos “gafanhotos”, também não desiludiu quem apostou nele, apontando nove golos em 33 jogos e conseguindo, inclusivamente, chegar à selecção principal da Suíça.

No passado defeso, o avançado de origem nigeriana voltou a dar um salto na sua carreira, pois trocou o Grasshoppers e o campeonato suíço pelo Lorient da Ligue 1. No clube francês, neste início de época, ainda está em fase de adaptação, somando dois tentos em quatro jogos.

Ponta de lança que faz da velocidade a sua maior arma

Innocent Emeghara é um atacante de apenas 1,70 metros e esse baixo centro de gravidade permite-lhe rápidas mudanças de velocidade e dribles estonteantes.

Extremamente veloz, tanto com a bola nos pés como na forma como se desmarca, o internacional suíço é também letal na hora de atirar à baliza, sabendo procurar os espaços vazios para concretizar e parecendo, muitas vezes, ter o dom de adivinhar onde o esférico vai surgir.

Pelas suas características, é o jogador ideal para actuar ao lado de um jogador mais possante num 4x4x2 de ataque continuado, ou ao lado de outro jogador das mesmas características num esquema mais virado para o contra-ataque. No entanto, devido à sua velocidade estonteante e capacidade de drible, também pode jogar encostado a um dos flancos num esquema 4x3x3.

Neste momento, com apenas 22 anos, será sempre um jogador que vos aconselho a procurar num jogo do Lorient ou, quiçá, da selecção suíça.

Read Full Post »

Ahmed Musa brilha no VVV

Outro dos jogadores que se destacaram no último Mundial de sub-20, foi um extremo nigeriano que já desenvolve o seu futebol nos relvados europeus: Ahmed Musa.

Nascido a 14 de Outubro de 1992 em Jos, Nigéria, Ahmed Musa iniciou a sua carreira nas camadas jovens do Aminchi Football Academy, tendo começado a sua carreira profissional em 2008 ao serviço do JUTH.

Todavia, o momento chave na sua ascensão futebolística foi em 2009/10, quando marcou 18 golos em 33 jogos ao serviço do Kano Pillars, garantindo a transferência para o futebol europeu e para o VVV Venlo na temporada seguinte.

Na equipa holandesa, apesar de ter chegado com 17 anos e de só ter podido jogar em Outubro (quando fez os 18 anos), Ahmed Musa não defraudou as expectativas e marcou nove golos em 25 partidas, sendo inclusivamente considerado pela IFFHS, um dos melhores 140 jogadores africanos da actualidade.

Extremo tecnicista e com enorme sentido de baliza 

Ahmed Musa é um extremo polivalente que gosta de colar ao flanco, mas, depois, tem a capacidade de alternar durante o desafio entre ser muito vertical e ir à linha cruzar com um elemento que faz diagonais da ala para o centro para procurar zonas de finalização.

Essa característica futebolística híbrida, faz do nigeriano um jogador extremamente perigoso, até porque é um futebolista muito rápido e tecnicista, tendo ainda elevada qualidade no passe e no remate de meia distância.

Neste momento, com apenas 18 anos e seguido pelos grandes gigantes do futebol europeu, não será surpreendente se o extremo africano der o salto para um clube com outros pergaminhos e ambições já no próximo defeso.

Read Full Post »

Older Posts »