Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘Pinilla’

Luis Páez no Sporting

Nos últimos anos, o Sporting tentou, por inúmeras ocasiões, adquirir um avançado que pudesse se impor na equipa e suprimir a excessiva dependência dos leões em relação a Liedson. Nesse longo percurso, o Sporting exprimentou a aquisição, em definitivo ou por empréstimo, de atletas como Pinilla, Koke, Alecsandro, Carlos Bueno, Felipe Caicedo ou, mais recentemente, o próprio Florent Sinama-Pongolle. No entanto, para além desses mais mediatizados, o Sporting também contratou outros, bem mais obscuros e que, provavelmente, poucos se vão lembrar como o sul-americano Luis Paéz.

O avançado paraguaio Luis Paez, nascido a 19 de Dezembro de 1989, chegou ao Sporting no final da época 2006/07, ainda a tempo de, nessa temporada, fazer alguns jogos pelos Juniores verde e brancos. Nessa altura, esperava-se muito do internacional sub-17, pois este havia estado na lista de contratações de clubes como o Liverpool e o River Plate, considerando o Sporting que se tratava de uma pequena pérola com tudo para vingar no futebol profissional.

Já com alguns meses de adaptação à realidade do futebol português, Páez iniciou a época seguinte (2007/08) nos Juniores, mas acabou por ser várias vezes chamado à equipa principal dos leões, participando, inclusivamente, em dois jogos do campeonato nacional e num da Liga dos Campeões (vitória diante do Dinamo Kiev (3-0), em casa).

Os bons desempenhos, nomeadamente ao serviço da equipa de Juniores, levaram os leões a emprestarem-no ao Fátima para a época 2008/09. Durante essa temporada, o paraguaio fez 24 jogos e 6 golos, ajudando o Fátima a subir à Liga de Honra.

Apesar da regularidade no então clube da II divisão, os responsáveis leoninos entenderam que Luis Páez não havia evoluído o que era esperado e, assim, dispensaram-no no verão de 2009.

Regressado ao Paraguai e ao Tacuary, Páez voltou a não ser capaz de se impor e acabou emprestado à equipa secundária italiana do Gallipoli, onde também não se destacou.

Neste momento, aos 20 anos, regressou ao Tacuary, onde procura ressuscitar o, outrora, promissor jogador que chamou à atenção dos responsáveis leoninos. Veremos se consegue e se, um dia, ainda voltaremos a ouvir falar de Luis Páez.

Read Full Post »

Todos nos recordamos de Pinilla, um avançado chileno muito promissor que chegou ao Sporting no início da época 2004/05. Rapidamente se tornou um jogador muito querido por entre a massa associativa do SCP que o brindava, constantemente, com a musica do “Pinigol”, mesmo quando o avançado acabava, invariavelmente, por atirar mais uma bola ao lado da baliza.
Ainda assim, nunca se duvidou da classe do sul-americano, capaz de golos quase impossíveis (Moreirense e AZ, lembram-se?) e de um mítico hat-trick em Braga, num jogo em que o Sporting poupou alguns jogadores e saiu do Minho com uma vitória por três bolas a zero.
Com bom remate, técnica apurada, posicionamento, resistência ao choque e bom jogo de cabeça, entristecia ver o chileno perder-se nos excessos da noite e acabar por tornar-se num novo Dani.
Felizmente, e após experiências falhadas em clubes como o Vasco da Gama, Racing ou Hearts, o ponta de lança começa a demonstrar todo o seu potencial num pequeno clube da extremamente competitiva Serie B italiana: Grossetto.
Com 12 golos em 14 jogos, Pinilla começa agora a chamar a atenção de clubes da Serie A e já se especula que, provavelmente, o chileno irá dar o salto já neste inverno. O futebol agradece o renascimento de Pinigol.

Read Full Post »