Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘Senegal’

Abdoulaye pertence ao FC Porto

Uma das agradáveis surpresas do actual campeonato nacional tem sido um jovem defesa-central senegalês que se encontra na Académica por empréstimo do FC Porto: Abdoulaye.

Nascido a 1 de Janeiro de 1991 em Dakar, Senegal, Abdoulaye Ba chegou ao FC Porto em 2008, tendo actuado nas equipas jovens dos dragões até 2010. No Verão desse ano, foi emprestado ao Sporting da Covilhã, onde arrancou para uma excelente temporada na Liga de Honra, sendo importante pela segurança que deu aos serranos a defender, mas também pelos golos que marcou, pois terminou a temporada com nove tentos em vinte e nove jogos.

Esta temporada, deu novo salto no seu crescimento como futebolista profissional, tendo sido desta feita emprestado à Académica. Na equipa coimbrã, tem sido um esteio do conjunto orientado por Pedro Emanuel, somando doze partidas e tendo feito um golo.

Seguro pelo chão e quase intransponível pelo ar

Abdoulaye é um defesa-central de 1,97 metros e 79 quilos, que, por essas características, se mostra fortíssimo no jogo aéreo, sendo praticamente insuperável nesse capítulo específico.

Junto à relva, não sendo propriamente rápido, é um jogador que ocupa muito bem os espaços, sabendo usar muitas vezes o físico para resolver os problemas que lhe vão surgindo. Ao lado de um defesa-central mais rápido, também se mostra muito inteligente e eficaz nas dobras, assumindo-se também como um jogador muito maduro e um autêntico líder do sector recuado.

Ofensivamente, a sua altura torna-o letal em lances de bola parada, sendo jogador para marcar golos com regularidade na sequência de livres e pontapés de canto.

Neste momento, com quase 21 anos, tem provado que tem potencial para outros voos, podendo, quiçá, ser incorporado no plantel portista em 2012/13.

Read Full Post »


Yero é um ponta de lança possante

Na Liga Orangina, mais concretamente no Oliveirense, actua aquela que é uma das promessas do FC Porto, falo do alto e possante ponta de lança senegalês: Yero.

Nascido a 19 de Agosto de 1991 em Dakar, Senegal, Kalidou Coulibaly Yero, transferiu-se para os dragões em 2008/09, oriundo da equipa francesa do Istres.

Integrado, em primeira instância, nos Juniores azuis-e-brancos, despontou como avançado com elevado potencial, tendo, na época 2009/10, aparecido em três jogos da Taça de Portugal como suplente utilizado, antes de, a meio da temporada, ter sido emprestado ao Portimonense, onde em onze jogos não conseguiu facturar qualquer golo.

Na actual temporada, voltou a ser emprestado, mas desta feita ao surpreendente Oliveirense que neste momento lidera a segunda liga. No clube de Oliveira de Azeméis, Yero já efectuou 22 golos e marcou 4 tentos, mostrando ser uma peça importante na boa campanha do clube nortenho.

Avançado muito forte fisicamente e difícil de marcar

O atacante senegalês é um atleta que mede 1,97 metros e, só por isso, é muito difícil de marcar, nomeadamente nos cruzamentos para a área. Sem ser rápido, movimenta-se razoavelmente na área, sendo competente tecnicamente e criterioso na hora de atirar à baliza.

Numa equipa que actue em 4-3-3, adapta-se perfeitamente a ser o único ponta de lança, mas exige que a equipa actue muito centrada nele, enquanto que em 4-4-2 com um jogador mais móvel a seu lado, acaba por não exigir que os seus companheiros se centrem tanto nele.

Neste momento, com apenas 19 anos, é um jogador que ainda pode evoluir muito e assumir-se como uma certeza do FC Porto e do futebol africano.

Read Full Post »

Em 1982, a Argélia escandalizava o Mundo após vencer a República Federal da Alemanha por duas bolas a uma. Jogadores como Madjer ou Assad tornavam-se conhecidos do grande público e percebeu-se que, pela primeira vez, uma equipa magrebina podia passar à segunda fase do Mundial. Contudo, após perderem com a Áustria, acabaram eliminados após uma estranha vitória germânica diante dos austríacos por uma bola a zero. Nesse jogo, ambas as equipas não forçaram, pois sabiam que aquele resultado apurava as duas para a 2ª fase. Assim, a Argélia despediu-se do campeonato do mundo, mas o perfume daquele futebol perdurou até hoje, à espera que, um dia, volte a renascer. Veremos se esse dia chegará, este ano, na África do Sul…

A Qualificação

A Argélia teve uma caminhada muito difícil para a África do Sul. Na 2º Fase, integrada no Grupo 6, a Argélia sofreu bastante para se impor a Gâmbia e Senegal, superando esses dois rivais por apenas um ponto.

Depois, na 3ª Fase, num grupo com Egipto, Zâmbia e Ruanda, os argelinos chegaram ao último jogo (no campo do Egipto) a precisarem de perder por menos de dois golos para se apurarem para o campeonato do mundo. No entanto, nesse desafio, acabaram por sofrer o 2-0 no minuto 95, ficando as duas selecções norte-africanas empatadas em diferença de golos e confronto directo.

Assim sendo, argelinos e egípcios tiveram de fazer um desempate, no Sudão, para decidir quem iria ao Mundial. Aí, os argelinos foram mais felizes, vencendo por 1-0 (golo de Yahia) e apurando-se para o Mundial sul-africano.

2ª Fase: Grupo 6 – Classificação

  1. Argélia 10 pts
  2. Gâmbia 9 pts
  3. Senegal 9 pts
  4. Libéria 3 pts

3ª Fase: Grupo C – Classificação

  1. Argélia 13 pts
  2. Egipto 13 pts
  3. Zâmbia 5 pts
  4. Ruanda 2 pts

Playoff

Argélia 1-0 Egipto

O que vale a selecção argelina?

A equipa esteve bem na última Taça de África, onde alcançou as meias finais e tem alguns elementos de qualidade como o médio-ala Matmour e o trinco Yebda. Ainda assim, integrada num grupo com Inglaterra, Estados Unidos e Eslovénia, a Argélia parece ser a selecção mais frágil do agrupamento.

A equipa magrebina costuma jogar num esquema de 3-4-3, com três centrais competentes (Bougherra-Halliche-Yahia), mas que podem ter dificuldades diante de selecções com avançados rápidos e fortes no um contra um. Apesar de terem sofrido poucos golos na fase de qualificação (8 em 12 jogos), irão, no Mundial, encontrar um nível de exigência muito maior e, como não são centrais muito rápidos, poderão criar um grave problema à selecção argelina.

Por outro lado, o meio campo é, provavelmente, o ponto mais forte da equipa magrebina. Costumam jogar com um duplo pivot (Yebda-Mansouri) que sabe defender e atacar com a mesma qualidade e, também, com dois alas muito rápidos: Belhadj (à esquerda) e Matmour (à direita). Os dois alas são muito criativos, criando bastantes situações de desequilíbrios e, principalmente no caso de Belhadj, também defendem muito bem, dando alguma segurança defensiva à Argélia.

Por fim, no ataque, as raposas do deserto apresentam dois jogadores plenos de mobilidade: Djebbour (avançado esquerdo) e Ziani (avançado direito)  e, também, um ponta de lança finalizador: Ghezzal. Apesar de tanto Djebbour como Ziani jogarem nas alas, veremos provavelmente o avançado esquerdo mais no apoio a Ghezzal e Ziani a funcionar, muitas vezes, como quinto elemento do meio campo, transformando o esquema argelino em 3-5-2.

Globalmente os argelinos têm uma equipa de alguma qualidade, todavia, o seu esquema bastante ofensivo, a fragilidade dos centrais no jogo pelo chão e alguma indisciplina táctica deverão condenar os magrebinos ao último lugar do Grupo C.

O Onze Base

A equipa argelina deve, tal como foi dito anteriormente, apresentar um esquema em 3-4-3 com Gaouaoui (ASO Chief) na baliza; Bougherra (Rangers), Halliche (Nacional) e Yahia (Bochum) na defesa; Yebda (Portsmouth) e Mansouri (Lorient) como duplo pivot, Belhadj (Portsmouth) como ala esquerdo, Matmour (Borussia M’Gladbach) como ala direito; e três avançados: Djebbour (AEK), Ghezzal (Siena) e Ziani (Wolfsburgo).

Classificação – Previsão “A Outra Visão”

Aparentemente, os argelinos deverão ser favoritos a ocuparem o último lugar do Grupo C. No entanto, se o seleccionador Rabah Saadane conseguir limar algumas arestas e tornar as raposas do deserto um pouco mais matreiras, poderão surpreender eslovenos e, quiçá, até os norte-americanos. Ainda assim, a possibilidade disso acontecer é muito reduzida

 Calendário – Grupo C (Mundial 2010)

  •  13 de Junho – Argélia vs Eslovénia 
  •  18 de Junho – Argélia vs Inglaterra 
  •  23 de Junho – Argélia vs EUA

Read Full Post »