Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘Stewart’

Andrés Escobar

Quando aos 34 minutos dos EUA-Colômbia, Andrés Escobar fez um autogolo a tentar interceptar um cruzamento de John Harkes, o desespero tomou conta do defesa sul-americano, que, por certo, ficou inconsolável após perceber que esse golo foi crucial para a derrota da Colômbia (1-2) e consequente eliminação do Mundial 94. Ainda assim, duvidamos que tenha acreditado, nesse instante, que esse tento infeliz, acabasse por lhe custar a vida, num dos momentos mais tristes do mundo do futebol.

A Colômbia chegava ao campeonato do mundo de 1994 com a moral em alta. Muitos analistas colocavam mesmo os sul-americanos como um possível candidato ao título mundial, após estes terem vencido um grupo de qualificação com Argentina, Paraguai e Peru.

Nesse grupo de qualificação, saltou à vista um jogo, na Argentina, em que os colombianos venceram por um impressionante 5-0. Após esse momento, os “cafeteros” julgaram-se invencíveis e acreditaram que o seu grupo mundialista com EUA, Roménia e Suíça seria um mero passeio. Um excesso de confiança que haveria de revelar-se fatal para as pretensões colombianas e, pior do que isso, para a vida de Andrés Escobar.

 No primeiro jogo, os colombianos defrontaram os romenos e procuraram o golo desde o primeiro momento. Todavia, os romenos, mais matreiros, foram letais no contra-ataque e saíram vitoriosos por três bolas a uma. Ainda assim, os colombianos estavam tranquilos, pois o segundo jogo era contra os acessíveis (pensavam eles) Estados Unidos.

Esse desafio foi muito infeliz para a Colômbia. Nos primeiros minutos de jogo, os colombianos falharam golos incríveis, ficando na retina um lance em que a bola vai ao poste e, depois, é salva na linha por um defesa norte-americano. Pouco depois, a cruzamento de Harkes, num lance totalmente inofensivo, Escobar, a tentar interceptar a bola, faz auto-golo.

A perder, os colombianos voltaram a perder a calma e tentaram o golo mais com o coração do que com a cabeça, sofrendo o segundo golo, no início da segunda parte por Stewart. Antes do final da partida, Valência ainda reduziu, mas o 1-2 apenas amenizou nova derrota dos colombianos na competição.

Apesar de terem vencido a Suíça (2-0) no último jogo do campeonato do mundo, os colombianos acabaram o grupo A do Mundial 1994 no último lugar e regressaram precocemente a casa.

No entanto, o momento mais triste para o futebol colombiano surgiu apenas dias depois. À saída do bar El Índio, localizado no suburbios de Medellín, Andrés Escobar foi morto por um elemento de um gang colombiano, que disparou doze tiros e, a cada um deles, gritou: golo! Tudo ao estilo dos comentadores sul-americanos.

Pensa-se que o elemento que pertencia ao Cartel de Medellín havia apostado muito dinheiro na passagem colombiana à segunda fase e, culpabilizando Escobar por esse fracasso, decidiu matá-lo.

Um momento negro para o desporto rei e que prova que, por vezes, o futebol é mesmo um caso de vida ou morte.

Reveja o autogolo de Escobar

 

Read Full Post »