Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for Janeiro, 2010

Devo admitir que estranho a mais do que provável troca entre FC Porto e Cruzeiro de Farías por Kléber.

Sei que os dragões não estão a fazer a época que sonhavam e compreendo que aquisições nesta altura da época podem dar aos adeptos alguma ilusão, todavia, não entendo a troca de um jogador adaptado ao futebol português e mais 5,5 milhões de euros por uma incógnita.
Ernesto Farías raramente foi titular no FC Porto, mas sempre que saltava do banco costumava corresponder com golos. Perdi a conta dos pontos que o “Tecla” deu aos azuis e brancos e tenho a certeza que será dos melhor jogadores de sempre no rácio: Minutos/Golos.
Kléber, por sua vez, é um excelente jogador e isso está acima de qualquer suspeita, todavia, sendo ele um avançado centro, não estou a vê-lo tirar o lugar a Falcao e mesmo que o coloquem numa ala, não sei se o rendimento dele irá justificar a saída de Rodriguez ou Varela.
Além disso, e apesar do “Gladiador” ter jogado uns bons anos no Dinamo Kiev, a sua adaptação ao futebol português será sempre uma incógnita e isso é um risco muito grande que o FC Porto está a correr.
Assim sendo, pode ser que eu me engane e Kléber até se torne um jogador barato para os portistas, todavia, temo que mais facilmente se torne num novo Bolatti que num novo Lisandro.
Anúncios

Read Full Post »

Apesar de estar apenas em quarto lugar na Liga Sagres e a fazer uma época bastante abaixo das expectativas, o Sporting é a equipa favorita dos leitores do “Outra Visão” para vencer a Taça de Portugal.
Estes resultados não deixam de ser surpreendentes, até porque já nos quartos de final, o Sporting terá de ultrapassar o FC Porto em pleno Estádio do Dragão.
Ainda nesta sondagem, o Sporting de Braga ficou em segundo lugar e o FC Porto no terceiro posto.

Resultados finais:
  1. Sporting 48%
  2. Sp. Braga 24%
  3. FC Porto 18%
 

Read Full Post »

Perdido na obscuridade da terceira liga alemã está um dos maiores clubes da antiga Alemanha de Leste: Carl Zeiss Jena.
Fundado em 1903 por funcionários da empresa de óptica, Carl Zeiss, o clube de Jena teve o primeiro grande momento da sua história em 1931, quando entrou na Gauliga Mitte (campeonato regional que compreendia as regiões alemãs da Saxónia, Turingia e Anhalt), competição que venceu em 1935, 36, 40 e 41. Essas vitórias permitiram ao 1. SV Jena (como era conhecido na altura) participar no campeonato alemão, contudo, o Jena nunca fez boa figura e jamais passou da fase preliminar.
Após a 2ª Guerra Mundial, a cidade de Jena ficou na parte oriental da Alemanha e, como tal, o actual Carl Zeiss Jena teve de participar na Liga de Futebol da RDA.
Membro fundador da 2ª divisão em 1950, o Jena não teve momentos muito gloriosos na década de 50, contudo, rebaptizado de Motor Jena em 1954, o clube iria vencer a Taça da RDA (1960) e o campeonato da RDA (1963). Foi o primeiro grande passo na sua afirmação como um grande da Alemanha Oriental.
Depois, já novamente como Carl Zeiss Jena, o clube iria, entre 1966 e 1975, viver a fase mais gloriosa da sua história, conquistando mais dois campeonatos (68 e 70) e duas taças (72 e 74). Nessa fase, a equipa também conquistaria meia dúzia de segundos lugares.
No entanto, a partir de 1975, a equipa viveu um ligeiro declínio, apenas interrompido pela conquista da Taça da RDA (1980) e pela final da Taça das Taças (1981) perdida diante do Dinamo Tiblissi (1-2).
A reunificação alemã, ocorrida em 1990, apenas contribuiu para agravar esse declínio e o Carl Zeiss tem andado entre a segunda, terceira e, até, quarta divisão, restando apenas as memórias de épocas gloriosas.

Read Full Post »

Está escondido no Libertad, um dos mais fascinantes médios defensivos do futebol sul-americano: Vítor Cáceres.
Muito alto (1,86 metros) e forte fisicamente, o paraguaio não é um portento de técnica, todavia, compensa esse factor com uma enorme entrega ao jogo e com uma capacidade notável de recuperação de bolas e ocupação de espaços.
Cáceres teve ainda a capacidade de subir a pulso no Libertad (estreou-se em 2006 e tornou-se titular indiscutível em 2007) e na selecção paraguaia (estreou-se em 2007 e tornou-se fundamental na qualificação para o Mundial 2010), mostrando sempre um enorme querer e raça, que todos os técnicos apreciam.
Actuando no Libertad há quatro anos e já tendo ganho diversos títulos com o clube paraguaio, Víctor Cáceres está, aos 24 anos, na altura de dar o salto. Fala-se do interesse do Boca Juniors, todavia, entendo que o sul-americano tem futebol para jogar na Europa.
Procurem-no num jogo do Paraguai e confirmem a minha tese.

Read Full Post »

Poderão dizer que o Braga já fez a sua parte e que tudo o que possa vir a conquistar será sempre uma superação, todavia, não penso assim.
Os bracarenses, ao chegarem a Fevereiro como líderes da Liga Sagres e, ainda, apurados para os quartos de final da Taça de Portugal têm, forçosamente, de pelo menos conquistarem o acesso à Liga dos Campeões.
Já passou a fase da equipa sensação e, neste momento, seria uma grande desilusão para os adeptos arsenalistas, que o Braga não conseguisse um dos títulos que ainda disputa ou, pelo menos, esse apuramento para a “Champions”. Talvez seja uma herança pesada e que acaba por surgir de uma primeira volta de sucesso, todavia, é um desafio que pode lançar o Sporting de Braga na imortalidade.
Lembrem-se que o seu arqui-rival, o V. Guimarães, nunca venceu o campeonato ou, até, a Taça de Portugal e, assim, uma vitória no campeonato ou a conquista de uma segunda Taça de Portugal por parte dos arsenalistas seria uma espinha bem profunda no ego vimarenense.
Assim sendo, está na hora dos bracarenses arregaçarem as mangas, perseguirem o sucesso e darem um novo passo na afirmação como quarto grande. Sábado, diante do Sporting, os guerreiros do Minho jogam o primeiro round…

Read Full Post »

Se pensavam que iria me referir às enormes qualidades futebolísticas do Rúben ou se pensavam que iria teorizar que o ex-jogador do Nacional é o ideal para fazer esquecer o argentino Lucho González, enganaram-se.
Não é que eu não pense nisso. Penso e até acho que o Rúben Micael é um fora de série e um jogador que vai encaixar no meio campo do FC Porto como nenhum outro do actual plantel, mas o que mais me surpreendeu na adaptação do madeirense foi a adaptação à cartilha de Pinto da Costa.
Ao contrário de clubes como o Sporting, que parecem não ter um poder forte e onde todos dizem o que querem e o que lhes apetece, o FCP funciona de forma bem diferente.
No clube do dragão, existe uma lei bem definida e essa lei é a de Pinto da Costa. Ele é o Big Brother do livro de George Orwell (1984), que todos os portistas devem adorar, obedecer e seguir e o ex-jogador do Nacional provou que aprendeu rapidamente a lição.
Mal chegou ao FC Porto e já desenterrou uma situação ocorrida quando estava no Nacional e que, na altura, desvalorizou. Agora, no túnel da Luz, e segundo Rúben, Jorge Jesus colocou-lhe dois dedos na cara.
É curioso como no futebol português há coisas que nunca mudam…

Read Full Post »

Curiosamente, o Sporting que, no sorteio da Taça de Portugal, havia apanhado o pior sorteio possível e imaginário (FC Porto fora de casa), voltou a ter um enorme azar e terá de superar o Benfica, em casa, para estar na final da Taça da Liga. Um despique especial depois do que aconteceu na final da época passada e que manchou o prestígio da própria competição.
Ironia das ironias, o FC Porto, que sempre encarou a Taça da Liga com algum desdém e que sempre utilizou uma espécie de equipa B em todos os encontros que realizou, acabou por ser bafejado pela sorte e terá pela frente o “outsider” Académica. Ainda assim, os portistas terão de se aplicar mais do que fizeram na fase de grupos, pois, caso contrário, poderão sofrer um dissabor, pois a Briosa não é uma equipa qualquer e, estando tão perto, dará tudo para disputar a final.

Meias-Finais:

Sporting vs Benfica
FC Porto vs Académica

Read Full Post »

Older Posts »